quarta-feira, 3 de Abril de 2013 10:05h ALMG - Assessoria de imprensa

Circulação de táxis no aeroporto de Confins divide opiniões

Convênio para regular transporte por táxi entre BH, Confins e Lagoa Santa foi discutido em reunião nesta terça (2).

Deputados, autoridades e representantes dos taxistas ainda não chegaram a um consenso sobre a assinatura de convênio que possibilitaria a livre circulação de táxis de Belo Horizonte, Lagoa Santa e Confins nos limites dos três municípios. O assunto foi discutido em reunião com convidados da Comissão de Transporte, Comunicação e Obras Públicas da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) nesta terça-feira (2/4/13).

O autor do requerimento da reunião, deputado João Vítor Xavier (PEN), assim como todos os presentes, destacou a situação do serviço de táxi no Aeroporto Internacional de Confins. Atualmente um taxista da Capital só está autorizado a levar um passageiro de Belo Horizonte para o aeroporto, sendo obrigado a retornar com seu veículo vazio. O inverso vale para os taxistas de Lagoa Santa e Confins, que podem transportar passageiros do aeroporto para BH, mas precisam retornar sem clientes para seus municípios.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.