sexta-feira, 26 de Dezembro de 2014 09:33h

Cisternas melhoram a vida de mais de 22 mil famílias no norte mineiro

Na zona rural do município de Juramento, em Minas Gerais, os produtores têm aproveitado ao máximo a água da chuva

Antes, a água se perdia pela terra e hoje é armazenada em cisternas. Maria Elenice Batista mora com o marido e mais dois filhos no povoado Baixa do Curtume. A água da cisterna trouxe um alívio para a família. Nos períodos de chuvas, a água é captada no telhado da casa e conduzida ao interior das cisternas por um sistema de calhas e canos. Na casa de dona Valdenice Araújo, no município de Glaucilândia, a cisterna vai oferecer água para beber o ano todo.A distribuição de cisterna é uma das principais ações do Programa Água para Todos do governo federal, para melhorar a convivência dos sertanejos com os períodos de estiagem.Até o momento, mais de 22 mil famílias já foram atendidas com a implantação de cisternas. A ação faz parte do Plano Brasil Sem Miséria.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.