terça-feira, 7 de Abril de 2015 12:00h Atualizado em 7 de Abril de 2015 às 12:05h.

Codemig valoriza setor mineiro da moda com apoio inédito ao Minas Trend

Maior evento do setor no Estado está sendo realizado no Expominas, contribuindo para gerar negócios e projetar Minas nos circuitos da moda

Encontro que abre a temporada nacional dos eventos de moda e fomenta as vendas da indústria mineira, o Minas Trend está hoje entre os principais eventos do segmento no país. Mostrando em primeira mão as tendências da moda, a 16ª edição será realizada entre hoje (7/4) e 10 de abril, no Expominas Belo Horizonte (Av. Amazonas, 6.200, Gameleira), que se tornará palco de desfiles, palestras e oficinas criativas.
Pela primeira vez, o Governo de Minas Gerais, por meio da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig), está patrocinando o Minas Trend, a fim de contribuir para a geração de negócios e estimular o crescimento do relevante setor de moda mineiro. Outra novidade será o apoio da Codemig na premiação aos destaques desta edição, incentivando a produção dos pequenos empreendedores da indústria mineira de moda.
O evento é promovido pela Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) e incentiva o desenvolvimento dos setores que compõem a cadeia produtiva, integrando criatividade à produção e inovação pelo conhecimento, além de introduzir design e novas tecnologias em segmentos industriais de expressiva representatividade na economia. Também cria oportunidade para que marcas locais exibam seus produtos num espaço privilegiado de projeção e consolidação — cerca de 95% das empresas participantes são de Minas Gerais.
Além disso, traz marcas nacionais e internacionais para apresentação e intercâmbio de conhecimentos, tecnologias e tendências, bem como promove o contato entre produtores, consumidores e indústria. Ao fomentar o turismo de negócios e promover a integração de profissionais, o encontro movimenta a economia do Estado, com valores superiores a R$30 milhões por edição, e projeta Minas Gerais nos circuitos nacional e internacional do mercado da moda.
Tantos benefícios alcançam diversas regiões do Estado, estendem-se ao setor industrial e favorecem a sociedade mineira, incentivando a geração de emprego, renda e qualidade de vida. Os objetivos e resultados do Minas Trend estão diretamente ligados ao escopo de atuação da Codemig, empresa pública responsável por fomentar o desenvolvimento econômico estadual. Com a parceira da Codemig, será possível expandir ainda mais o evento e as oportunidades para empresas do interior. O valor investido pela Companhia nessa iniciativa é de R$ 535 mil.
Com esse aporte, a Fiemg, por meio do Sesi-MG, poderá aumentar o número de compradores de outros estados, de 500 para 700; e, para a edição de outubro deste ano, a entidade assumiu o compromisso de elevar esse número para 835, constituindo uma oportunidade de realizar novos negócios e expandir ainda mais a presença da moda mineira nos cenários nacional e internacional. A Fiemg se comprometeu, ainda, a aumentar em 15% o número de expositores para as próximas edições, com um foco maior para as marcas do interior.

O evento
Integrando o calendário brasileiro de moda, o Minas Trend é o maior evento do setor no Estado e está entre as três principais semanas de moda brasileiras, sendo o único com desfiles e salão de negócios no mesmo ambiente. Inspirada nos movimentos cíclicos da natureza, a 16ª edição traz o tema “Viva Ciclicamente”. O público previsto é de 15 mil visitantes.
O encontro também mostra coleções de marcas oriundas de outras partes do país. Desde sua criação, o Minas Trend cumpre importante papel ao reunir confecções de destaque dentro do universo da moda mineira, compradores e imprensa especializada de todo o Brasil e do exterior. Além de antecipar as principais tendências, oferece extenso e completo mix de produtos, com alto valor agregado e atenção ao design, ao uso de matérias-primas especiais e ao trabalho artesanal.
A plataforma para as marcas apresentarem suas coleções de pré-lançamento auxilia o lojista e impede a desvalorização das marcas com liquidações prolongadas. Como se trata de um segmento muito dinâmico, os lançamentos de empresas da moda são realizados duas vezes por ano, o que fundamenta a necessidade de realizar duas edições anuais: Primavera Verão e Outono Inverno.

Prêmio Empresa Tendência 2015
A Codemig promoverá, durante esta edição do Minas Trend, a entrega do Prêmio Empresa Tendência 2015, a fim de estimular a produção dos pequenos empreendedores da moda no Estado. As inscrições foram abertas para empresas do interior de Minas Gerais, nas categorias de vestuário, bolsas, calçados e joias/bijuterias, que participarão como expositores do Minas Trend.
Elas serão avaliadas durante o evento por jornalistas de moda especialmente convidadas — Gloria Kalil, Lilian Pacce e Consuelo Blocker, filha de Costanza Pascolato, compõem o júri do concurso, que observará critérios como: adequação à proposta do evento; pesquisa, desenvolvimento e inovação do trabalho; criatividade e originalidade das peças; estilo e linguagem de moda utilizados; e potencial de comercialização.
Os primeiros colocados em cada categoria serão contemplados com estande gratuito na 17ª edição do Minas Trend, incluindo montagem básica, e consultoria do Sebrae-MG para potencializar o negócio e alavancar as vendas.  A divulgação do vencedor de cada uma das categorias será realizada no dia 8 de abril, no Salão de Desfiles do Minas Trend; a pontuação de cada participante e o resultado final do concurso serão publicados no site da Codemig (www.codemig.com.br).

Parceria com o Servas
A maioria das indústrias que compõem a cadeia produtiva da moda é formada de micro, pequenas e médias empresas. Setores da moda congregam cerca de 150 mil empregos diretos e indiretos de toda a cadeia produtiva dessa indústria em Minas Gerais, representada por 25 segmentos industriais, respondendo por 18,2% do total de empregos gerados no âmbito estadual.
O Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas) e a Codemig atuaram junto a Sindicatos das Indústrias do setor para identificar os principais gargalos. Os sindicatos participantes da pesquisa representam cerca de 7 mil empresas nos segmentos de vestuário, bolsas, bijuterias, calçados e acessórios. Dados obtidos com a participação da Câmara da Indústria da Moda de Minas Gerais revelam que 60% das empresas do setor de vestuário e 40% do segmento de calçados apresentaram dificuldades com a escassez de mão de obra.
Além disso, 73% das empresas pesquisadas dos diversos setores salientaram a ausência de profissionais da área de corte, e 53%, da área de modelagem. Para 87% das entrevistadas, a ausência de mão de obra qualificada representa significativamente uma perda da eficiência da linha industrial, e 73% apontaram desperdício de recursos, barreira para expansão da produção e dificuldades de manter ou aumentar a qualidade dos produtos.
A partir desse trabalho, o Senai-MG, em conjunto com o Servas, estabelecerá parceria para qualificação da mão de obra do setor. O objetivo é oferecer, ainda neste ano, cursos gratuitos nas unidades do Senai: costura (Juiz de Fora e Belo Horizonte), corte (Divinópolis) e modelagem feminina, masculina e infantil (Montes Claros). Os cursos terão duração de 80 a 120 horas e atenderão 20 alunos. As inscrições poderão ser feitas nas próprias unidades do Senai.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.