terça-feira, 5 de Junho de 2012 10:26h Gazeta do Oeste

Cohab Minas entrega 200 casas populares em várias regiões

A Companhia de Habitação do Estado de Minas Gerais (Cohab-MG) prossegue em ritmo acelerado de entrega de casas populares às famílias mineiras. Nos últimos dias, foram inaugurados conjuntos habitacionais nas regiões doTriângulo Mineiro, Norte de Minas, Central, Centro-Oeste e Vale do Jequitinhonha, totalizando 200 unidades e 800 pessoas atendidas, levando em consideração uma família média de quatro pessoas.

 

A agenda de entregas teve início em Frutal, no Triângulo. O diretor de Habitação da Cohab Minas, Fradique Gurita, ao lado da prefeita Maria Cecília Marchi Borges, entregou as chaves das 20 moradias do Conjunto Henrique João Alves. No Norte de Minas, em São Romão, foram inauguradas as 60 casas do Conjunto Habitacional Novo Horizonte. Na sábado, foi entregue o Conjunto Habitacional Babilônia, em Bom Despacho, no Centro-Oeste.

 

A entrega de casas populares chegou como um presente também ao município de Paraopeba. Na semana da tradicional Festa do Quiabo e no dia do centenário de emancipação política, 60 famílias receberam as chaves da casa própria do Conjunto Santa Catarina II.

 

"Nem consigo acreditar. Quantas vezes fomos a Belo Horizonte e quando achamos o caminho certo, que foi o caminho do Governo de Minas, demos conta de concretizar este sonho hoje", disse o prefeito de Paraopeba, Marcelo Carvalho da Silva, durante a solenidade de entrega das chaves.

 

Amanhã (06) será inaugurado o Conjunto Habitacional Jardim Vitória II, em Gouveia, no Vale do Jequitinhonha, com 30 casas.

 

Em 2012, a Cohab Minas já inaugurou 1.670 casas populares, com investimento total que soma R$ 54,6 milhões, sendo R$ 30,1 milhões em recursos do Estado, por meio do Programa Lares Geraes Habitação Popular. Os R$ 24,5 milhões restantes foram recursos em parceria com programas do governo federal e de municípios.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.