quarta-feira, 13 de Novembro de 2013 11:03h Redação

Concurso de pratos típicos é destaque da 13ª Festa da Manga em Itaobim

Iniciativa organizada pela Emater-MG acontece entre os dias 147 e 17 de novembro do município do Vale do Jequitinhonha

Entre os dias 14 e 17 de novembro será realizada a 13ª Festa da Manga em Itaobim, no Vale do Jequitinhonha. Um dos destaques do evento é o concurso de pratos típicos, organizado pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG). A iniciativa visa demonstrar a variedade de receitas que podem ser preparadas com a manga. A festa é promovida pela Prefeitura de Itaobim em parceria com a Emater-MG e o Sindicato dos Trabalhadores Rurais do município e demais parceiros.

De acordo com a Emater-MG, Itaobim produz em média 2,5 mil toneladas de manga por ano. A área cultivada no município tem 85 hectares e 100 famílias de agricultores familiares desenvolvem a atividade. O produto é importante para a economia de Itaobim, sendo comercializado no município e cidades vizinhas, Rio de Janeiro, São Paulo e Belo Horizonte.

Para a 13ª Festa da Manga, a Emater-MG ficou responsável pela realização de cursos de capacitação e pela organização dos produtores, que farão a exposição de produtos derivados da manga. Ao todo, cerca de 25 participam da feira. O público poderá conferir diversos produtos, como licores, cachaça de manga, quitandas, torta de manga, doces, geleias, bombons e sorvetes, dentre outros.

“Em todos esses anos, a festa tem sido fundamental para estimular a comercialização e ajudar a divulgar os produtos da região. Em todas as edições o resultado tem sido satisfatório”, diz o extensionista da Emater-MG, Márcio Souza Mota.

No concurso de pratos típicos derivados da manga organizado pela Emater-MG, foram inscritas 29 receitas. A disputa é dividida em quatro categorias: bebidas, pães e bolos, doces e salgados. Serão premiados os três primeiros colocados em cada categoria. Na oportunidade, serão distribuídas 500 unidades de um livro de receitas.

“O concurso é uma grande oportunidade para demonstrarmos a versatilidade da manga, que pode ser utilizada no preparo de diversos pratos saborosos”, diz a extensionista da Emater-MG, Leda Morais Santos.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.