sexta-feira, 6 de Julho de 2012 17:13h Marina Alves

Conferência estadual dos deficientes reuniu 50 propostas para melhorias

A Conferência Estadual dos direitos das pessoas com deficiência, promovida no mês passado em Belo Horizonte, que reuniu representantes de 140 municípios, resultou na elaboração de 50 propostas para serem encaminhadas a Conferência Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência, que deverá ser realizada em dezembro, em Brasília.

 


As conferências realizadas em cada um dos 140 municípios mineiros resultou em várias propostas relacionadas a melhoria das condições dos deficientes em vários aspectos. Após a conferência, foram analisadas e selecionadas as 50 propostas, das quais 40 serão as encaminhadas a conferência Nacional dos Deficientes.

 


Já as outras dez propostas são consideradas de âmbito estadual, devendo assim ser analisadas e avaliadas por organizações do Estado, como o Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Conped) e a Coordenadoria Estadual de Apoio e Assistência à Pessoa com Deficiência (Caade). As duas organizações são diretamente vinculadas a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedes), e irão realizar as análises da proposta como forma de reformular as políticas públicas voltadas a pessoa com deficiência em todo o Estado de Minas Gerais.

 


Conforme o divulgado pela Agência Minas, a coordenadora especial de Apoio e Assistência a Pessoa com deficiência, Ana Lúcia de Oliveira, ressaltou a importância de se divulgar os direitos da Pessoa com Deficiência: “Os municípios demonstraram grande interesse pela causa. Esperamos que os direitos da pessoa com deficiência sejam mais divulgados e conhecidos, para que a sociedade possa cobrá-los”, afirmou.

 


As propostas para melhorias selecionadas durante a conferência estadual definiram as propostas, que foram separadas por eixos, e contam com demandas da área da moradia, de saúde, prevenção, comunicação, acessibilidade, educação, trabalho e reabilitação profissional, esporte, acesso a justiça, segurança, reabilitação, próteses, proteção social e padrão de vida.

 

Conferência em Divinópolis

 

A conferência municipal da Pessoa com deficiência de Divinópolis foi realizada no dia 25 de abril, na Câmara Municipal da cidade. A conferência reuniu representantes de entidades de apoio a pessoa portadora de deficiência, além de contar com a participação de vários deficientes, acompanhados de seus familiares. No encontro, várias palestras e debates antecederam a escolha das propostas, apresentadas na conferencia estadual.

 


Além das discussões, foi realizada a escolha dos delegados que iriam representar Divinópolis na conferência estadual, e apresentar as propostas discutidas no encontro municipal.

 


Uma das organizadoras do evento, Andréia Martins Machado, presidente do Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência afirmou a importância do encontro como forma de conquistar melhorias na qualidade de vida do deficiente: “O que lutamos, enquanto conselhos, instituições e setores que trabalham com a inclusão do deficiente é para que essa seja a primeira de muitas ações em prol do deficiente, pois assim o cidadão tem direito de voz e de voto. Aqui ele é ouvido”, ressaltou Andréia.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.