sexta-feira, 22 de Novembro de 2013 09:00h

Contas Regionais: Cinco estados concentram 65,2% do PIB em 2011

O grupo formado por São Paulo (32,6%), Rio de Janeiro (11,2%), Minas Gerais (9,3%), Rio Grande do Sul (6,4%) e Paraná (5,8%) concentrava 65,2% do PIB em 2011, 2,8 p.p. a menos que em 2002 (68,0%). Já os dez estados com menores participações somaram 5,3%,

O grupo formado por São Paulo (32,6%), Rio de Janeiro (11,2%), Minas Gerais (9,3%), Rio Grande do Sul (6,4%) e Paraná (5,8%) concentrava 65,2% do PIB em 2011, 2,8 p.p. a menos que em 2002 (68,0%). Já os dez estados com menores participações somaram 5,3%, enquanto os outros 12 estados passaram de 27,1% para 29,5% no período, o maior crescimento entre os três grupos.

Embora a região Sudeste tenha mantido sua participação de 55,4% no PIB brasileiro na comparação entre 2010 e 2011, houve uma redistribuição da participação entre os quatro estados da região. São Paulo, que permanece em primeiro lugar no ranking, perdeu cerca de 0,5 ponto percentual (p.p.) ao passar de 33,1% para 32,6% no período, registrando a menor participação na série iniciada em 2002. Com isso, Rio de Janeiro ganhou 0,4 p.p. (de 10,8% para 11,2%) e Espírito Santo, 0,2 p.p. (de 2,2% para 2,4%). Minas Gerais se manteve com 9,3%.

As regiões Norte (de 5,3% para 5,4%) e Centro-Oeste (de 9,3% para 9,6%) cresceram, enquanto Sul (de 16,5% para 16,2%) e Nordeste (de 13,5% para 13,4%) diminuíram suas participações no PIB brasileiro em 2011. Já na série histórica iniciada em 2002, Centro-Oeste avançou 0,8 p.p. no período, Norte, 0,7 p.p. e Nordeste, 0,4 p.p.

Estas e outras informações são mostradas pela pesquisa Contas Regionais do Brasil de 2011, que este ano divulga resultados provisórios, cuja atualização será feita de acordo com a revisão do Sistema de Contas Nacionais. Para os resultados de 2011, o ajuste das contas regionais às contas nacionais ocorreu com a agregação das informações das contas trimestrais brasileiras, que divulgam o PIB trimestral em 12 atividades apenas, contra 56 das contas nacionais definitivas. Até 2015, o IBGE divulgará a série do Sistema de Contas Nacionais do Brasil referente a 2010 (atualmente, o ano de referência é 2000), com os resultados detalhados para 2010, 2011 e 2012, além da revisão dos resultados do período 1995-2009.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.