terça-feira, 6 de Setembro de 2011 17:57h Atualizado em 7 de Setembro de 2011 às 11:03h.

Coordenação do Fazendo Arte se reúne com arte-educadores

O projeto Fazendo Arte fez sua primeira reunião com os arte-educadores ontem (06), com a missão de traçar as estratégias para atuação nas oficinas nos próximos 10 meses. A coordenação explicou quem são os patrocinadores e como o projeto é mantido pela Lei Estadual de Incentivo à Cultura.


A coordenadora do projeto, Lenir de Castro, mostrou a importância das oficinas no cotidiano dos alunos. Destacou que várias apresentações serão realizadas durante o ano. “Mostramos para os arte-educadores que os alunos precisam ser preparados para as apresentações que acontecerão durante o ano. O comprometimento de todos no Fazendo Arte tem retorno nas apresentações e na vida escolar do estudante”, destacou.


A coordenadora do projeto lembrou que os 21 arte-educadores do Fazendo Arte possuem técnica apurada para manter as oficinas nas 18 escolas atendidas pelo projeto neste ano. “Nossa proposta não é só chegar e dançar ou fazer teatro, temos técnica e ensinamos arte, disciplina e preparamos o aluno para a vida através das oficinas”, destacou.


Para o secretário municipal de Cultura, Bernardo Rodrigues, que participou do encontro, o apoio das empresas e o empenho da coordenação são chaves para o sucesso do projeto. “A proposta é manter o projeto sempre crescendo. Para se conseguir isso, é preciso uma soma de esforços entre Prefeitura, Gerdau e Siderúrgica São Luis, além dos coordenadores e professores. Quem ganha com essa união são os estudantes. Mais do que aprender uma arte, os estudantes têm oportunidade de interagir, promovendo a cidadania e buscando até uma oportunidade de trabalho”, afirmou.

 

Representando a Gerdau, Conceição Maciel também participou do encontro.

 

O Projeto Fazendo Arte foi iniciado em 2002, através da Secretaria Municipal de Cultura (Semc). De início, atendia 200 jovens, e hoje, aproximadamente 1,7 mil. O projeto estimula com oficinas divididas em várias modalidades, dentre elas: artes plásticas, capoeira, viola caipira, flauta, violão, canto, circo, teatro, contação de histórias, danças (clássico / jazz / contemporâneo / folclóricas / hip-hop).  O projeto Fazendo Arte é patrocinado pela Gerdau e Siderúrgica São Luis, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura.

 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.