quinta-feira, 3 de Dezembro de 2015 11:02h

Corais emocionam o público na Cantata de Natal

A 9ª edição do evento promovido pela ALMG contou com a participação de 300 vozes, no palco montado no Hall das Bandeiras

O Espaço Político-Democrático José Aparecido de Oliveira (Hall das Bandeiras) foi o palco da 9ª edição da Cantata de Natal da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), realizada na noite desta quarta-feira (2/12/15). Corais de diversas instituições do Estado, cantaram clássicos natalinos dos séculos XVII, XVIII e XIX. Prestigiaram o espetáculo o presidente do Parlamento mineiro, deputado Adalclever Lopes (PMDB); o procurador-geral de Justiça do Estado, Carlos André Mariani Bittencourt; a defensora pública-geral do Estado, Christiane Neves Procópio Malard; o secretário de Estado de Cultura, Ângelo Osvaldo; e diversos outros parlamentares e autoridades. Apesar de chuva, a Cantata de Natal da Assembleia recebeu um grande público, que lotou o espaço preparado para o evento.

Fizeram parte do programa, ainda, a Orquestra de Câmara Opus, o cravista Antônio Carlos de Magalhães, a soprano Andrea Peliccioni e o tenor Júlio César de Mendonça. Sob a regência de 18 maestros, 20 corais interpretaram canções de compositores consagrados, tais como Christopher Tim, John Wade, Clecius e Cavalcanti, Mendelssohn, Franz Gruber, Saint Saens, Bach, Wendell Whalum, Haendel, entre outros. O espetáculo de música e luz marcou, ainda, a inauguração da iluminação de Natal da Assembleia Legislativa.

Participaram da Cantata os corais da ALMG, da Associação Atlética Banco do Brasil (AABB-BH), do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), Canarinhos de Itabirito, Cidade em Canto, Contas & Cantos, da Copasa, da Imprensa (ABT), Jovem Sesc, dos Correios Vozes de Minas, do Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais (Ipsemg), do Ministério Público de Minas Gerais, Encanto das Gerais, Jovens Cantores do Instituto de Educação de Minas Gerais, Júlia Pardini, Trem das Vozes (AEPS), Vozes da Liberdade (MPF/MG), Vozes das Gerais (INSS/Receita Federal BH), Vozes na Estrada (DER) e Madrigal Cura D'Ars.

Histórico – A Cantata foi criada pela ALMG em 2007 para celebrar a chegada do Natal, inaugurar a iluminação de sua sede e comemorar o aniversário de Belo Horizonte. Trata-se de uma apresentação que marca o fim dos trabalhos legislativos e integra a agenda da Belotur das festividades de final de ano na Capital Mineira. A Cantata democratiza o acesso à produção cultural, valoriza o canto coral e aproxima as instituições e os servidores públicos da população. Com esse evento a Assembleia também contribui para a formação de um público apreciador da música erudita.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.