sábado, 22 de Setembro de 2012 09:47h Gazeta do Oeste

CREA-MINAS E ESTADO PROMOVEM ENCONTRO EM DIVINÓPOLIS PARA DIAGNOSTICAR NECESSIDADES DA REGIÃO CENTRO-OESTE

A cidade de Divinópolis sediará o 2° Encontro Regional “Políticas Públicas e Corresponsabilidade Social”, promovido pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Minas Gerais (Crea-Minas) e pela Ouvidoria Geral do Estado (OGE), de 25 a 28 de setembro. O objetivo é aproximar os profissionais da área tecnológica em torno da discussão de cinco eixos temáticos: meio ambiente, rodovias mineiras, urbanicidade, impacto das chuvas e alimentos. Por meio do debate, serão levantadas questões de relevância para o desenvolvimento sustentável da cidade e do campo, além de promover um diagnóstico técnico das principais demandas da região. O presidente do Crea-Minas, o engenheiro civil Jobson Andrade, e o ouvidor-adjunto do Estado, Agílio Monteiro, abrem o evento no auditório da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), em Divinópolis, na próxima terça-feira, às 19h. Este é o segundo Encontro entre 12 eventos previstos para todas as regiões do Estado. Além de debates, o Crea-Minas, a OGE vão prestar atendimento à população e promover cursos de capacitação, confirmando o compromisso com a valorização dos profissionais da área tecnológica. Entre os temas dos cursos estão “Captação de recursos a fundo perdido” e “Desenvolvimento Urbano”. Serão realizadas ainda palestras sobre assuntos de interesse dos profissionais como “Segurança no Trabalho”, ministrada pela Cemig, um dos parceiros do Encontro. Segundo o presidente do Conselho, Jobson Andrade, a parceria entre o Crea-Minas e a OGE busca o incremento da gestão para a cidadania, além de contribuir tecnicamente na formulação das políticas públicas e estimular o desenvolvimento dos municípios mineiros. “Viemos de uma experiência muito exitosa no Vale do Aço, onde foi realizado o primeiro Encontro Regional. Lá, detectamos que uma das principais preocupações é com o estado das rodovias que cortam a região, principalmente a BR-381. Queremos também entender quais são as demandas da região Centro-Oeste e propor soluções técnicas a partir desse diagnóstico”, comentou. A ouvidora-geral do Estado, Célia Barroso, explica que a Ouvidoria Móvel da OGE vai atender a população durante os encontros, recebendo manifestações e sugestões e explicitando os veículos disponíveis para a comunicação com o Governo. “A OGE é uma Secretaria de Estado com autonomia técnica e administrativa para verificar, junto aos órgãos competentes, as irregularidades apresentadas, buscando assim, criar medidas propositivas para a melhoria dos serviços oferecidos pelo Estado à população”, afirmou. Os Encontros Regionais têm como parceiros Cemig, Defesa Civil do Estado de Minas Gerais, Crea Cultural,  Departamento de Estradas e Rodagens de Minas Gerais (DER-MG), Engecred, Federação das Associações de Engenharia, Arquitetura e Agronomia do Estado de Minas Gerais (Faea-MG), Fundação Nacional de Saúde (Funasa), Ministério Público Estadual (MPE-MG) e Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad).

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.