sexta-feira, 4 de Março de 2011 00:00h

Cresce a participação de Minas Gerais no comércio exterior brasileiro

As exportações de Minas Gerais totalizaram US$ 5,41 bilhões nos dois primeiros meses de 2011. O valor representa uma expansão de 74% em relação a igual período de 2010. O crescimento das vendas externas mineiras no bimestre foi superior à variação das exportações nacionais, que atingiu 25,9%, aumentando a participação de Minas Gerais sobre o total brasileiro para 16,9%.

Os dados preliminares foram divulgados nesta quarta-feira (2), pela Central Exportaminas, órgão da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sede), que realiza mensalmente o Mapeamento das Exportações de Minas Gerais com base nos números do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).

Em fevereiro, as exportações alcançaram US$ 2,68 bilhões e média diária de US$ 134,21 milhões. Houve crescimento de 64,3% em relação ao valor registrado em igual período de 2010. Na comparação com o valor total de janeiro de 2011, houve retração de 1,6%, porém a média diária foi 3,3% superior à registrada em janeiro.

As importações em fevereiro de 2011 totalizaram US$ 826,56 milhões, valor 38,2% superior ao do mesmo mês do ano anterior. Assim como nas exportações, houve redução do valor importado de 6,6% em relação a janeiro de 2011. Ao contrário das exportações, a média diária das importações do mês passado atingiu US$ 44,33 milhões e foi inferior ao valor de janeiro em 1,9%.

No acumulado do ano, as importações aumentaram 42,2% na comparação com mesmo período de 2010, totalizando US$ 1,71 bilhão. Enquanto isso, as importações nacionais cresceram 30,2% o que fez com que as importações mineiras respondessem por 5,6% do total brasileiro.

Já o saldo comercial alcançou US$ 1,86 bilhão em fevereiro, o que significou uma expansão de 79,4% em relação a fevereiro de 2010 e expansão de 0,7% na comparação com o saldo do mês anterior. O saldo comercial de Minas Gerais foi de U$ 3,70 bilhões no acumulado dos dois primeiros meses deste ano, enquanto o saldo nacional foi de US$ 1,62 bilhão. Em relação a 2010, o saldo mineiro cresceu 94%.

Por outro lado, a corrente de comércio mineira atingiu US$ 3,51 bilhões, contabilizando crescimento de 57,3% em relação ao valor do mesmo mês de 2010.

Com a expansão, Minas Gerais aumentou sua participação para 12,5% do comércio exterior nacional. A corrente de comércio mineira registrou valor de US$ 7,12 bilhões entre janeiro e fevereiro de 2011. Esse valor corresponde a 11,4% do total brasileiro. Houve expansão de 65,1% das transações do Estado com o exterior, quando comparado ao mesmo período de 2010.
 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.