segunda-feira, 28 de Outubro de 2013 12:32h

Defesa Civil Estadual promove curso para atuação em gestão de riscos

Capacitação foi realizada em parceria com a Agência de Assistência a Desastre dos Estados Unidos e o Consulado Norte-Americano em Belo Horizonte

Como parte das estratégias de prevenção para a chegada do período chuvoso, a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec-MG) promoveu, na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte, o curso Bases Administrativas para Gestão de Riscos (Bager). O evento foi realizado pela Cedec-MG em parceria com a Agência de Assistência a Desastre dos Estados Unidos da América (USAID-OFDA), o consulado dos Estados Unidos em Belo Horizonte e a Secretaria Nacional de Defesa Civil.

Participaram da solenidade de encerramento  a diretora-geral do Escritório Oficial dos EUA no Estado de Minas Gerais e Cônsul dos Estados Unidos da América em Belo Horizonte, Abigail L. Dressel; o superintendente-administrativo da Cedec-MG, major PM Edylan Arruda de Abreu; o representante da Universidade do Estado de Santa Catarina, Aderbal Vicente Lapolli; o gestor da Defesa Civil Municipal de Cali, na Colômbia, Miguel Angel Piragauta; o consultor para o Brasil da USAID/OFDA/LAC, Antônio Felisberto Pinheiro; e a integrante do Corpo de Bombeiros e Cruz Vermelha de Cali, Geovanny Galvis.

O curso teve como foco reforçar a capacitação na área de Planejamento e Gestão de Riscos para as pessoas que trabalham em áreas relacionadas com ameaças, emergências e desastres. O Bager foi desenvolvido pelo Governo dos Estado Unidos, por meio da Oficina de Assistência para Desastres na América Latina e Caribe (OFDA/LAC), e adaptado às características do Brasil, em associação com a Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), por meio do Núcleo de Treinamento para Prevenção de Emergências.

Integraram o curso agentes da Defesa Civil de Minas Gerais, Corpo de Bombeiros Militar de Brasília e representantes das Coordenadorias Municipais de Defesa Civil de Belo Horizonte, Betim, Brumadinho, Contagem, Itaguara, Juiz de Fora, Lavras, Poços de Caldas e Sete Lagoas. Com quatro dias de duração, o curso abordou Introdução e Enfoques Administrativos; Introdução à Gestão de Riscos; Reuniões de Trabalho; Planejamento; Organização; Direção; Controle e Características Ideais de um Administrador no Campo de Gestão de Riscos de Desastres.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.