quarta-feira, 21 de Janeiro de 2015 11:29h

Delegação holandesa visita Minas Gerais para prospecção de novos negócios

A comitiva europeia esteve na Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico para discutir parcerias e novas perspectivas comerciais no Estado

A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sede) recebeu, nesta quarta-feira (21), a visita de uma delegação da Holanda, com o objetivo de buscar empresas mineiras com intenção de estabelecer uma filial ou centro de distribuição na Europa. Na Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves, os holandeses foram recepcionados pelo secretário da Sede, Altamir Rôso, e a coordenadora da Exportaminas, Fernanda Cimini.

A comitiva formada pelo diretor-geral do  Netherlands Foreign Investment Agency, Henny Jacobs, e representantes do recém-inaugurado Escritório de Apoio aos Negócios (NBSOs), com sede em Belo Horizonte, revelou a intenção de prospectar negócios entre o país e o Estado de Minas Gerais.

Para o secretário Altamir Rôso, "Minas Gerais tem muito o que aprender com a Holanda, referência na diversificação economica", ressalta. O país é um importante hub logístico e de distribuição de cargas no mundo, graças ao porto de Roterdã, maior da Europa, e o aeroporto de Amsterdã, bem como um dos maiores exportadores de frutas, hortaliças e alimentos processados.


Outro ponto destacado pela coordenadora foi o fato de o país europeu ser uma importante referência, tendo em vista que conseguiu diversificar sua economia com a transformação de commodities (mercadorias pouco diferenciadas) em produtos de alto valor agregado. “Temos muito o que aprender com eles. A Holanda é um dos maiores exportadores de frutas, hortaliças e alimentos processados. Eles importam a laranja, por exemplo, e vendem o suco da fruta em um valor superior”, finalizou.

Atração de investimentos

A NBSOs é uma rede de 22 escritórios ligada ao Ministério Econômico Internacional holandês, hoje presente em nove países. A estrutura tem como objetivo apoiar empresários do país na promoção de atividades de comércio e investimento em atividades internacionais, com foco nas pequenas e médias empresas.

Desde novembro de 2014, a NBSO conta com um escritório em Belo Horizonte. Segundo a organização do escritório, a decisão de se criar um escritório em Minas  vem da análise do potencial econômico do Estado. No Brasil, atualmente, são duas unidades: uma em Minas e outra no Rio Grande do Sul.

Parceria diferenciada

A Holanda é, hoje, um importante parceiro comercial de Minas Gerais. Segundo dados da Exportaminas, os principais produtos exportados pelo Estado para o país, em 2014, foram: minério de ferro (US$723,90 milhões), ferro-ligas (US$ 456,17 milhões), celulose (US$ 134,02 milhões), ferro fundido bruto e ferro gusa (US$ 60,30 milhões) e café verde e café torrado (US$ 39,39 milhões).

Em contrapartida, a Holanda exporta para Minas Gerais: adubos e fertilizantes (US$ 23,23 milhões), instrumentos, aparelhos médico cirúrgico (US$ 17,78 milhões), produtos hortícolas (US$ 10,25 milhões), aparelhos para filtrar (US$ 2,04 milhões) e plásticos e suas obras (US$ 1,99 milhão).

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.