sexta-feira, 20 de Julho de 2012 09:14h Gazeta do Oeste

Delta deixa consórcio do BRT em Belo Horizonte

A administração municipal acredita que não haverá prejuízos para o cronograma das obras, pois o contrato não foi estabelecido com cada construtora, mas pelo consórcio.

A construtora Delta, uma das empresas investigadas pela CPI do Cachoeira por ter supostamente recebido recursos públicos intermediados pelo contraventor, deixou oficialmente o consórcio que constrói o Transporte Rápido por Ônibus (BRT) da Pedro I, em Belo Horizonte.

 

Segundo a prefeitura, a Delta solicitou o desligamento do consórcio em 29 de junho, processo que foi finalizado nesta semana. A empresa Cowan assumiu o empreendimento.

 

A administração municipal acredita que não haverá prejuízos para o cronograma das obras, pois o contrato não foi estabelecido com cada construtora, mas pelo consórcio. Nenhum representante da empresa foi encontrado para analisar o caso.

 

Certidão suspensa

 

A Delta terá suspensa uma certidão emitida pelo Crea (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia) do Tocantins. A decisão foi divulgada nesta quinta. O documento habilitou a empresa a participar de concorrências para realizar limpeza urbana em Anápolis e Catalão (GO), Itanhaém (SP) e Palmas (TO).

 

 

 

 

 

O TEMPO

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.