terça-feira, 26 de Março de 2013 11:29h ALMG - Assessoria de imprensa

Duplicação da MG-050 é cobrada em Reunião de Prestação de Contas

ALMG prestou contas de seu trabalho no Centro-Oeste de Minas nesta segunda-feira (25).

A 18ª Reunião de Prestação de Contas Regionalizada da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), realizada em Formiga (Centro-Oeste do Estado) nesta segunda-feira (25/3/13), trouxe novas demandas para os deputados mineiros. No evento, a população e os representantes locais pediram a duplicação da MG-050 e a melhoria das condições da rodovia, além da diminuição do pedágio cobrado pela empresa concessionária.

A necessidade de duplicação da MG-050 foi reforçada pelos deputados Anselmo José Domingos (PTC) e Fabiano Tolentino (PSD) durante o evento. Os parlamentares destacaram a visita que será realizada no mês de maio à rodovia, no trecho entre São Sebastião do Paraíso e Juatuba, para avaliar as suas condições.

Além da MG-050, o deputado Pompílio Canavez (PT) reforçou a ação da ALMG para a criação de uma hidrovia no lago de Furnas. Ele anunciou que os estudos socioeconomicos e ambientais já estão sendo realizados pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Segundo ele, o primeiro trecho da hidrovia, ligando Formiga ao Sul de Minas, deve ser inaugurado no ano que vem.

O deputado Carlos Pimenta (PDT) destacou a baixa qualificação dos trabalhadores do Centro-Oeste mineiro, especialmente os da cidade de Formiga. “Muitos trabalhadores vão para a zona rural e não têm conhecimento nem mesmo dos equipamentos de segurança necessários para o trabalho”, afirmou.

A questão da agricultura também foi levantada pelo deputado Antônio Carlos Arantes (PSC). Ele destacou que, em 2012, o elevado número de roubos de gado em Formiga e região foi tema de audiência pública na ALMG. Para ele, o novo código florestal estadual também precisa ser discutido urgentemente em Minas Gerais.

O evento contou com a participação da população local. Entre as reivindicações feitas, estão a implantação do projeto Saúde Móvel na cidade, a melhoria das condições de vida dos idosos, a realização de parcerias para o tratamento do lixo na região e a regulamentação para o uso de celulares em estabelecimentos escolares.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.