quinta-feira, 31 de Outubro de 2013 11:24h

Emater-MG divulga vencedores do 6º Prêmio de Criatividade Rural

O projeto “Semeador de Cenoura Manual de Fabricação Caseira” garantiu o primeiro lugar para a cidade de Perdigão

A Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG) encerra o período de avaliação dos projetos inscritos no 6º Prêmio Emater-MG de Criatividade Rural. Dos 46 projetos participantes, cinco foram escolhidos pela comissão julgadora. A disputa foi acirrada, conforme mostram as pontuações.

 

Com 767 pontos, o “Semeador de Cenoura Manual de Fabricação Caseira”, do jovem produtor Sander Emérico Marcial, é o vencedor do concurso. O produtor, do município de Perdigão, Centro-Oeste de Minas, é acompanhado pelo técnico da Emater-MG, Djalma Reis Bernardes Silva.

 

Para o inventor, o resultado é uma motivação. “Estou muito feliz por ter conseguido, em pouco tempo como produtor, essa conquista. Além de fazer o que gosto estou conseguindo ganhar a minha sobrevivência. É uma motivação a mais para continuar trabalhando”, afirma.

 

Com um ponto a menos que o vencedor, 766, o projeto “Plantadeira de Sementes de Hortaliças em Canteiros” é o segundo colocado. O autor é Gilberth Mendes Gonçalves Dias, de Brasília de Minas, Norte de Minas. O produtor é orientado pelo técnico Manoel Milton Pereira de Souza.

 

Denivan Alves de Souza, de Verdelândia, também da região Norte de Minas, é o terceiro classificado, com 645 pontos. Ele concorreu com a “Esticadeira Convencional de Arame Liso”. O técnico é José Roberto de Souza. “Fico feliz em saber que a ideia poderá ajudar outras pessoas. O reconhecimento me anima a buscar novas ideias e, posteriormente, chegar a um primeiro lugar, com um projeto ainda melhor”, declara o produtor.

 

O quarto lugar ficou para Nílson Arvelos de Souza, que conseguiu 643 pontos com o “Arrancador de Estacas para Cultivo de Tomate”. O produtor é de Patos de Minas, Alto Paranaíba. O técnico da Emater-MG que o acompanha é Leonardo Ramos.

 

Com o projeto “Máquina para Processo de Secagem de Café em Terreiro”, e acompanhado pelo técnico Luciano Marques da Costa, Thales Wallak Silva Chaves conseguiu 622 pontos, garantindo o quinto lugar. O produtor é de Abre Campo, Zona da Mata.

 

Premiação

 

A premiação será realizada no mês de dezembro, durante as comemorações dos 65 anos da Emater-MG. O vencedor receberá um refrigerador duas portas, uma roçadeira costal profissional e uma TV LED 40 polegadas. O segundo lugar receberá uma TV LED 40 polegadas, um refrigerador de uma porta e uma lavadora de alta pressão.

 

Para o terceiro classificado, a premiação é um forno elétrico, um fogão de quatro bocas e um kit ferramentas. O quarto lugar receberá um forno elétrico, uma câmera fotográfica e um fogão quatro bocas. Para o quinto classificado está reservada uma lavadora de roupas.

 

Os técnicos também serão premiados. O primeiro lugar receberá um notebook, um HD externo e uma câmera fotográfica. O segundo, um notebook e um HD externo. O terceiro, um tablet e um HD externo. O quatro lugar receberá um tablet e o quinto um tablet smart.

 

Portas abertas

 

O Prêmio Emater-MG de Criatividade Rural tem cumprido o objetivo de estimular, identificar e divulgar inovações tecnológicas, gerando impacto positivo. Um bom exemplo é o agricultor familiar João Vildeu Freire, da comunidade de Pedra Vista, município de Coronel Murta, região Norte de Minas.

 

O produtor é vencedor da 2º Prêmio Emater-MG de criatividade Rural, realizado em 2007. Sua invenção é um torno multiuso a pedal que, além de possibilitar a fabricação de diversos materiais, facilitando a vida no campo, deu-lhe o reconhecimento em toda Minas Gerais.

 

Na entrega da premiação, o agricultor declarou que não poderia usufruir do projeto, já que sua comunidade não tinha energia. No entanto, seis meses depois, a comunidade foi beneficiada com energia elétrica, mudando as perspectivas do inventor.

 

Segundo o produtor, o “Criatividade Rural” tem lhe aberto muitas portas, além da premiação ele tem recebido doações de equipamentos de marcenaria de uma moradora de Belo Horizonte que assistiu à reportagem, na ocasião da premiação. Atualmente, o produtor rural se tornou um pequeno empreendedor, prestando serviços em toda a região.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.