quarta-feira, 23 de Fevereiro de 2011 00:00h

Emater-MG estimula turismo rural em Carangola

O potencial turístico do município de Carangola, Zona da Mata mineira, está mobilizando moradores da comunidade rural de Conceição que veem no turismo rural uma oportunidade para realizar bons negócios, atraindo a atenção de visitantes interessados em conhecer a natureza e a comprar os produtos produzidos no local.

Por meio do projeto Caminhe pela Vida, idealizado pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG), instituição pública vinculada à Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais (Seapa), um grupo de mulheres da localidade vem organizando há dois anos, caminhadas mensais para grupos de turistas.

Os passeios são programados para ocorrer duas vezes a cada mês, geralmente aos domingos. As caminhadas começam pela manhã e terminam à tarde. Em média, cada grupo de caminhantes é formado por 12 a 15 pessoas.

É cobrada uma taxa única, de R$ 15, que inclui café da manhã, almoço e remuneração do condutor. Os participantes são recebidos pelos organizadores no local estipulado para iniciar o circuito.

Após um pequeno trecho percorrido, os turistas param na casa de uma família da comunidade, que serve o café da manhã. Depois, a caminhada continua e ao final, em outra propriedade, é servido o almoço. Hoje, a comunidade de Conceição conta com 12 circuitos, todos passando por lavouras de café, matas, trilhas e estradas.

A extensionista de bem-estar social da Emater-MG Úrsula Lustoza informa que, além de os moradores contar com a renda advinda do fornecimento do café da manhã e do almoço aos visitantes, também têm a oportunidade de vender produtos como doces, queijos, e objetos do artesanato local.

A escolha das casas que oferecem as refeições é feita de acordo com a distância de cada circuito percorrido, segundo a técnica.

Úrsula acrescenta que a comunidade não possui pousadas, mas “dependendo da demanda” algumas famílias se dispõem à abrigar turistas em suas casas. De acordo a extensionista, para os visitantes que desejam se hospedar na localidade foi estabelecido um acréscimo de mais R$ 10 no preço da taxa praticada.

Parcerias

Para incrementar ainda mais o turismo na região, a Emater-MG local planeja capacitar pessoas envolvidas na atividade. A empresa vai ensinar como processar alimentos, utilizando boas práticas de fabricação. “A proposta é oferecer aos turistas, produtos de mais qualidade”, explica a extensionista que atua na empreitada. Hoje 60 famílias estão inseridas no projeto.

Caminhe pela Vida, segundo a técnica da Emater-MG, conta com o apoio de outros parceiros como o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), que ministrou dois cursos.

No primeiro, os moradores tiveram uma noção do turismo rural como empreendimento e no segundo, como se tornar um condutor dos circuitos.

Também conta com o suporte da organização não-governamental Anda Brasil, que por iniciativa da cafeicultura local e organizadora do projeto, Julênia Lopes, garantiu mais visibilidade às caminhadas de Conceição, ao incluir os 12 circuitos da comunidade no calendário oficial da instituição. Segundo Lopes, a ONG Anda Brasil promove circuitos de turismo rural, por meio de caminhadas, além de divulgar e estimular a prática de esportes não competitivos e de inclusão social.

emater, estimula, turismo, rural, carangola

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.