quinta-feira, 6 de Novembro de 2014 07:39h

Emater-MG tem maior participação no 2º Encontro da Agropecuária do Leste de Minas Gerais

O incentivo à diversificação das atividades agrícolas e pecuárias e uma oportunidade para negociar novas tecnologias que atendam à agricultura familiar, em uma região do Estado, onde a pecuária leiteira predomina

Esses são alguns dos objetivos da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG), no 2º  Encontro da Agropecuária do Leste de Minas Gerais, que começa nesta sexta-feira (07/11), em Governador Valadares. No evento, que será realizado até domingo (09/11), no Parque de Exposições José Tavares Pereira, a empresa pública mineira terá uma agenda mais atuante e abrangente do que a do ano passado.

“É a primeira vez que participamos do evento com temas tão variados. No primeiro encontro só fizemos a mobilização dos produtores. Agora, a Emater participou mais da organização, integrando a comissão organizadora e atuando na articulação da programação, além da mobilização dos agricultores a na divulgação da ação, explica o coordenador regional de Bovinocultura, Ronaldo Hott. Segundo ele, a região Leste tem uma carência muito grande de informações e diversificações de atividades destinadas à agricultura familiar, pois a pecuária leiteira ainda é mais praticada. Ainda de acordo o coordenador da Emater-MG, a expectativa é oferecer no encontro, uma oportunidade para o agricultor familiar também fechar negócios.

“Aqui a agricultura é muito pequena e enxergamos nisso a oportunidade de estimular a comercialização de tecnologias para os agricultores familiares, principalmente na área de olericultura”, argumenta. Segundo Hott, a incorporação desse evento ao calendário regional, tornando-o tradicional na cidade vai ajudar a aumentar a oferta de equipamentos para esse segmento rural e incrementar a venda dos produtos agrícolas produzidos no município de Valadares. “A unidade da Ceasa daqui já comercializa 98% de produtos oriundos de municípios vizinhos”, informa.

O 2º Encontro da Agropecuária do Leste de Minas Gerais é uma promoção da União Ruralista Rio Doce, proprietária do parque de exposições, da Cooperativa Agropecuária Vale do Rio Doce (Coaperiodoce), e do Sindicato dos Produtores Rurais de Governador Valadares. A iniciativa será realizada em parceria com instituições financeiras públicas e o apoio de empresas da iniciativa privada. A Emater-MG e Epamig terão estandes no evento. A programação do encontro reúne palestras, demonstrações técnicas, leilão de gado de leite e corte, minicursos e a apresentação de máquinas agrícolas, além de ordenhas mecânicas e resfriadores de leite.

Técnicos e especialistas da Emater-MG vão ministrar palestras e demonstrações técnicas, com temas que vão da cafeicultura (cafés arábica e conilon), à fruticultura, horticultura e olericultura. A empresa também vai realizar um minicurso no sábado, dia 08/11, sobre derivados de leite, focando no queijo minas frescal, iogurte e doce de leite.

Perfil e potencial

O Leste mineiro é uma das regiões de maior produção leiteira no Estado e por isso abriga importantes laticinos, inclusive um que é considerado o quinto maior do país e o primeiro em inovação de produtos lácteos. segundo o gerente regional interino, Robspierre Ferraz de Sousa. No entanto, na avaliação do gerente , “a região apresenta grande potencial agrícola, nas atividades de fruticultura e olericultura”. Robspierre explica que, tal potencialidade está relacionada à abundância de água na região, além de solos de excelente qualidade e à existência de infraestruturas nas cidades polos que facilitam o escoamento da produção, tais como: aeroportos, a estrada férrea Minas Vitória e importantes rodovias. De acordo o gerente da Emater-MG, a regional de Governador Valadares atende cerca de 30 mil agricultores familiares do Leste mineiro.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.