quinta-feira, 31 de Outubro de 2013 11:32h

Empresa multinacional escolhe Minas Gerais para expandir atividades no Brasil

Genpact, especializada em gestão de processos de negócios e serviços de tecnologia, vai implantar nova unidade no município de Uberlândia

O município de Uberlândia, no Triângulo Mineiro, foi escolhido pela multinacional Genpact para a expansão das atividades da empresa no Brasil. O anúncio foi feito na tarde desta quinta-feira (31), à secretária de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais, Dorothea Werneck, que recebeu a visita do presidente da empresa no Brasil. Affonso Nina veio anunciar oficialmente ao Governo de Minas a implantação da primeira unidade da empresa no Estado.

Especializada na gestão de processos de negócios e serviços de tecnologia, dentro do conceito de Business Process Outsourcing (BPO), a Genpact irá implantar em Minas um novo Centro de Serviços voltado para o Processamento de Pagamentos, Faturamento, Cobrança, Contabilidade, Compras e Gestão da Cadeia de Suprimentos, atendendo a clientes nacionais ou companhias globais.

Os serviços de BPO contribuem para tornar os processos das empresas mais eficientes e são considerados fundamentais para alcançar novos patamares de produtividade e qualidade. O perfil das empresas que contratam estes serviços são multinacionais dos segmentos financeiro, farmacêutico, manufatura e bens de consumo, entre outros.

Durante a reunião com a secretária Dorothea Werneck, Affonso Nina destacou que Uberlândia foi escolhida em razão da disponibilidade de mão de obra qualificada, presença de universidades conceituadas, infraestrutura, localização, além do apoio dos governos municipal e estadual para a formação de profissionais visando a geração de empregos.

A secretária de Desenvolvimento Econômico elogiou a escolha de Uberlândia pela Genpact, destacou a logística do município e lembrou ao empresário que a parceria é uma das principais características do Governo de Minas Gerais. “Seja com o setor privado ou o público municipal, nosso papel é viabilizar os investimentos, facilitando ou viabilizando a infraestrutura, como energia, comunicação, acesso ou saneamento (água e esgoto), ou mapeando e cadastrando o Estado em áreas para concentrar os investimentos por setores. No momento, o destaque é para concentrar as empresas de base tecnológica. Estamos mapeando o Estado para áreas de alta tecnologia onde serão formados os chamados condomínios de tecnologia”, enfatizou.

Para a decisão do investimento em Minas Gerais, a Genpact contou com a assistência do Instituto de Desenvolvimento Integrado (INDI), órgão vinculado à Secretaria de Desenvolvimento de Minas Gerais (SEDE), que, entre outras ações, auxiliou na escolha da melhor localização da empresa no Estado, provendo informações macroeconômicas de diversas regiões, além de facilitar o contato com prefeituras de vários municípios.

Affonso Nina explicou que, com o novo Centro de Serviços, a Genpact estará incrementando a sua capacidade de atendimento a demandas atuais e futuras no país, além de poder contar com uma melhor competitividade no cenário brasileiro e latino americano, já que usará novo centro para executar trabalhos compartilhados com seus outros centros de serviços no continente. Com início das operações previsto para o início de 2014, estima-se que na primeira etapa de operação serão gerados entre 200 e 300 empregos.

A empresa

A Genpact nasceu em 1997 como unidade de negócios da General Eletric (GE), prestando serviços internos para o grupo GE em todo o mundo. Em 2005, foi feito o IPO (oferta pública de ações) da empresa na Bolsa de Nova Yorque e a Genpact tornou-se independente. A empresa, que se instalou em São Paulo em 2011, presta serviços de terceirização de processos de negócios, com foco em processos financeiros, contábeis e de compras.

A empresa conta atualmente com mais de 60 mil funcionários em 24 países e é considerada uma das líderes globais em gestão de processos de negócios e serviços de tecnologia, contribuindo para que processos, análises e tecnologia se tornem mais inteligentes, a fim de auxiliar seus clientes a levar inteligência a todas as áreas da empresa.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.