terça-feira, 28 de Junho de 2011 16:20h Agência Minas

Empresas de TI ganham espaço no Atlas Tecnológico de Minas Gerais

O projeto Software de Minas lançará, em agosto, a segunda versão do Atlas Tecnológico de Minas Gerais: o primeiro e único guia de negócios do mercado mineiro de Tecnologia da Informação (TI). Na primeira versão, publicada em 2010, foram cadastradas 618 empresas. Contudo, para a edição de 2011 o objetivo é chegar a mil empresas do setor, cujo foco está na geração de negócios junto ao mercado consumidor de produtos e serviços de TI. O prazo máximo para o envio dos dados é dia 6 de julho.

 

 

As empresas mineiras que ainda quiserem participar do Atlas Tecnológico poderão enviar seus dados cadastrais para a publicação, cujo espaço será totalmente gratuito para elas. O Atlas é custeado pela Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Minas Gerais (Sectes-MG) e pelo Sindicato das Empresas de Informática de Minas Gerais (Sindinfor).

 

Para participar, as empresas interessadas deverão preencher o formulário próprio já disponível para download no site www.sindinfor.org.br. Os dados devem ser enviados, até a data estabelecida, para o email atlastecnologico@sindinfor.org.br. A atualização acontecerá na versão online do site e em CD.

 

 

Acesse www.atlastecnologicodemg.com.br para conhecer o Atlas Tecnológico de Minas Gerais.

 

Software de Minas

 

 

O projeto do Arranjo Produtivo Local (APL) do Software de Belo Horizonte e Viçosa é uma das ações do Projeto Estruturador do Governo de Minas. Seu objetivo é desenvolver ações para o fomento da cadeia produtiva do software no estado - indústria, pesquisa, qualificação profissional, exportação, entre outras atividades. O projeto é coordenado pela Sectes-MG.

 

Hoje, a indústria de software de Belo Horizonte responde por mais de R$ 2,5 bilhões de faturamento. Outro indicador que demonstra o fôlego do setor é que, ano a ano, ele gera mais de 17 mil empregos diretos na área de TI, sendo parte considerável no segmento de desenvolvimento de software. Somente nos últimos sete anos, o setor apresentou um crescimento de 358% em Minas Gerais.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.