quinta-feira, 23 de Outubro de 2014 10:13h

Encontro promove união de força em prol da Cultura

Reunião em Itutinga, no Sul de Minas, vai destacar parcerias desenvolvidas pela Prefeitura de Mateus Leme para fomentar atividades culturais

Estender as ações que dão certo na Prefeitura de Mateus Leme em relação à cultura e debater as novas formas para fomentar o setor é a proposta do encontro entre representantes de vários municípios mineiros com o chefe de serviço da regional de Minas Gerais no Ministério da Cultura, José Paulo Pereira de Resende Neto, em Itutinga, no sul do estado. A conferência, marcada para esta sexta-feira, dia 24, além de integrar os gestores municipais de cultura, vai destacar os projetos desenvolvidos em parceria com a iniciativa privada, o poder público e organizacional que estão funcionando em várias cidades.

Representando Mateus Leme e os municípios da Região Central de Minas Gerais, o coordenador municipal de Cultura, Gian Cavalcante, foi um dos convidados a participar do encontro. “A partir novo olhar que os governos estadual e federal estão tendo sobre a cultura, com destaque para as parcerias que fomentam as atividades desenvolvidas pelo setor, vamos debater sobre a união de esforço das Prefeituras para fortalecer a cultura. E, para isso, vamos reunir gestores municipais e representantes de várias esferas do governo para tirar dúvidas e mostrar o que, atualmente, está dando certo nos Executivos Municipais”, afirmou Gian.

Mateus Leme vai estar no foco das discussões. As parcerias estabelecidas pelo município com os agentes culturais, com destaque para articulação com a Casa de Cultura Casa de Cássia, os grupos de capoeira, além de músicos e artesãos, que recentemente foram cadastrados para participarem ativamente do calendário municipal de eventos, serão apresentadas como experiências exitosas. “Vamos mostrar que cultura não é somente eventos. Desenvolver ações culturais para o poder público engloba um universo bem maior do que apenas trabalhar para a realização de shows e apresentações musicais”, ponderou Gian.

O encontro também vai abordar os aspectos jurídicos das novas políticas públicas de captação de recursos para o custeio de atividades relacionadas à cultura. Além de estudos da lei federal e estadual de incentivo à Cultura, os municípios convidados vão discutir como as Prefeituras podem assumir um papel incentivador para a captação de recursos sobre tributos recolhidos em âmbito municipal. “Em Mateus Leme, por exemplo, a Prefeitura está reanalisando a lei municipal de incentivo a cultura o que pode autorizar a destinação de parte do Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN) para as atividades relacionadas à cultura”, adiantou Gian Cavalcante.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.