segunda-feira, 17 de Agosto de 2015 09:47h Atualizado em 17 de Agosto de 2015 às 09:49h.

EPAMIG MOSTRA MINIUSINA VIA LÁCTEA E CIÊNCIA MÓVEL NA 9ª AGRIMINAS

Uma miniusina para o público assistir ao processo de produção de laticínios com direito à degustação e um laboratório itinerante serão as atrações da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (EPAMIG)

Uma miniusina para o público assistir ao processo de produção de laticínios com direito à degustação e um laboratório itinerante serão as atrações da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (EPAMIG), na 9ª Feira de Agricultura Familiar de Minas Gerais (AgriMinas), entre os dias 19 e 23 de agosto em Belo Horizonte.

De acordo com o presidente da EPAMIG, Rui Verneque, as propriedades familiares são responsáveis por parcela importante da produção de alimentos do nosso estado. "Nesse sentido, a pesquisa agropecuária tem desenvolvido estudos em busca da qualidade de vida desses agricultores familiares e também para que as tecnologias cheguem à mesa dos mineiros”, destaca. A 9ª edição AgriMinas, realizada pela Federação dos Trabalhadores na Agricultura de Minas Gerais (Fetaemg), com tema “Segurança alimentar – Vida e Cidadania”, promove novos negócios e ampliação de mercado para pequenos produtores rurais, além de oportunidade de encontro do público da capital com a cultura do campo.

Via Láctea
Uma das atrações da 9ª AgriMinas, a miniusina Via Láctea, é uma vitrine tecnológica que permite ao público acompanhar passo a passo todo o processo de fabricação de laticínios, em pequena escala. Os visitantes degustam os produtos e recebem informações sobre como produzir, quais os equipamentos necessários, a importância da higiene na produção e na qualidade dos alimentos. A miniusina apresenta a tecnologia de fabricação de produtos lácteos desenvolvida pelo Instituto de Laticínios Cândido Tostes (ILCT)/EPAMIG.
“Com os conhecimentos difundidos pela Via Láctea, os agricultores familiares podem se unir em cooperativas ou associações e iniciar a produção, aumentando a renda familiar e melhorando a qualidade de vida”, ressalta a coordenadora de Transferência e Difusão de Tecnologia do ILCT, Luiza Albuquerque. Na Agriminas, a previsão é processar, diariamente, cerca de 200 litros de leite para a fabricação de queijo Minas frescal tradicional e condimentado, bebidas lácteas e iogurte de ameixa e morango.
Ciência Móvel
A EPAMIG também vai levar o "Ciência Móvel", um ônibus itinerante transformado em um pequeno laboratório para demonstração de pesquisas e produtos da Empresa. “Participam da AgriMinas caravanas com agricultores de todo o estado que poderão interagir com os pesquisadores e conhecer os resultados da pesquisa agropecuária no estado”, ressalta a chefe da Divisão de Transferência Tecnológica da EPAMIG, Juliana Simões.
O visitante que embarcar no Ciência Móvel da EPAMIG vai conhecer controle alternativo de pragas e doenças, com uma mostra de insetos, plantas com sintomas de ataques e doenças, além de publicações e vídeos referente ao tema. Pesquisadores da EPAMIG também irão apresentar resultados de estudos sobre o resgate do cultivo e uso das hortaliças "não convencionais" em dois dias do evento, programados de acordo com os horários das caravanas de agricultores.

Serviço:
9ª Agriminas
Data: 19 a 23 de agosto de 2015
Local: Serraria Souza Pinto (Belo Horizonte)
Informações: (31) 3073-0000 / fetaemg@fetaemg.org.br

 

Crédito: Divulgação EPAMIG

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.