sexta-feira, 3 de Agosto de 2012 14:59h Gazeta do Oeste

Equipe da Defesa Civil se qualifica no Japão para atuar em caso de abalos sísmicos

 No mês de julho, uma comitiva da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil do Estado de Minas Gerais (Cedec-MG) foi ao Japão, à Província de Aichi, dando início a um intercâmbio que tem o objetivo de compartilhar experiências e informações sobre desastres e prevenções. A iniciativa é fruto de uma parceria entre o Gabinete Militar do Governador, por meio da Cedec, e a Agência de Cooperação Internacional do Japão (JICA).

No país, os danos causados por abalos sísmicos são freqüentes e superiores aos causados em muitas partes do mundo e, por isso, o Japão tornou-se um benchmarking na prevenção de desastres. “Considerando o estágio evolutivo do Japão nas ações de defesa civil, o Brasil precisa aperfeiçoar os mecanismos existentes de minimização de desastres”, afirmou o Secretário Executivo da Defesa Civil de Minas, tenente coronel Fabiano Villas Bôas.

Por meio da comitiva mineira, o Governo de Minas Gerais apresentou, durante a visita, uma carta de intenções assinada pelo governador Antonio Anastasia, a fim de estreitar laços de cooperação em diversas áreas. Este ano, já está prevista uma visita de representantes da Província de Aichi a Minas Gerais, dando continuidade ao intercâmbio. A Cedec prepara, ainda, uma série de cursos, palestras e workshops em Montes Claros, com a participação dos professores da Universidade de Nagoya. 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.