terça-feira, 21 de Julho de 2015 14:04h

Escritórios regionais do Idene mobilizam parceiros do Programa Brasil Alfabetizado

Os escritórios regionais do Instituto de Desenvolvimento do Norte e Nordeste de Minas Gerais (Idene) estão mobilizando os parceiros em cada um dos 258 municípios mineiros que serão contemplados na nova etapa do Programa Brasil Alfabetizado

Nesta segunda-feira (20/07), o Escritório Regional de Montes Claros, que abrange 33 municípios do Norte de Minas, realizou uma reunião com representantes das prefeituras e de entidades parceiras.

No evento, foram esclarecidas dúvidas sobre o edital de chamada pública, que foi aberto no início deste mês, e distribuídas fichas de inscrição para os interessados em trabalhar no programa como alfabetizadores, alfabetizadores-coordenadores de turmas e tradutores-intérpretes de Libras.

A coordenadora regional do Programa, Iara Santos, salientou a importância da mobilização e das parcerias que estão sendo estabelecidas, para o alcance da meta principal que é a superação do analfabetismo na região. “Temos alguns municípios em que o índice de pessoas analfabetas chega a 35% da população. É preciso sensibilidade, dar as mãos, romper barreiras e então, juntos, colocarmos fim a esta triste realidade para construirmos novas histórias”, concluiu.

No evento, também foi apresentado o cronograma de visitas dos técnicos regionais do Idene de Montes Claros aos municípios. Eles irão visitar as prefeituras, para divulgar a ação e tirar dúvidas sobre a adesão ao programa. As visitas irão garantir parcerias com as secretarias de Educação e Ação Social; das câmaras de vereadores; das associações microrregionais, de moradores, de produtores e trabalhadores rurais e demais entidades interessadas.

Um dos destaques para o encontro ficou por conta do grupo cultural Conservatório na Rua, que apresentou a peça “Mané Pipoca”, ilustrando como é possível a alfabetização de maneira lúcida, utilizando a cultura regional. O encontro também contou com a presença do diretor regional do Idene, Arnaldo Teixeira; do gerente na regional Montes Claros, Sued Botelho; do superintendente regional de ensino, José Gomes Filho; do reitor da Unimontes, João dos Reis Canela, do chefe da Superintendência da Polícia Civil do Norte de Minas, Raimundo Nonato, além dos representantes do Instituto Federal do Norte de Minas (IFNMG), Rodrigo Gomes; do Corpo de Bombeiros, Capitão Doriedson; da Emater, Ricardo Demicheli, prefeitos, secretários municipais de Educação, agentes de saúde e entidades sindicais entre outros.

Programa Brasil Alfabetizado

Esse programa contribui para a superação do analfabetismo nas regiões dos Vales Jequitinhonha, Mucuri e Rio Doce e do Norte e Nordeste de Minas Gerais.  A universalização da alfabetização de jovens, adultos e idosos e a progressiva continuidade dos estudos em níveis mais elevados (como encaminhamento para o EJA após a alfabetização), promovem o acesso à educação como direito de todos, em qualquer momento da vida.

Neste ano, serão 80 mil vagas para acesso à educação básica, distribuídas entre todos os 258 municípios da área de atuação do Sistema Sedinor/Idene.  Serão 5.553 mil bolsas para alfabetizadores, 925 para alfabetizadores-coordenadores, além as bolsas para tradutores-intérpretes, que serão selecionados conforme demanda das turmas.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.