terça-feira, 10 de Maio de 2011 10:00h Flávia Brand?o

Esporte e agronegócio serão prioridades para deputado Fabiano Tolentino

Após os 100 dias como deputado estadual e a apresentação de ontem (9) da prestação de contas com as principais ações e realizações do seu mandato a população de Divinópolis, o deputado Fabiano Tolentino (PRTB) afirma que  esporte e agronegócio serão as principais áreas a serem desenvolvidos, durante os próximos anos, como parlamentar na Assembléia Legislativa de Minas Gerais (ALMG).


Segundo Fabiano Tolentino, que é membro efetivo da Comissão Permanente de Esporte, Lazer e Juventude, a área do esporte será bastante focada em seu mandato, trabalhando para que os projetos saiam do papel e sejam executados, inclusive com o aumento do ICMS Solidário de 0,01% para 0,5%. “A exemplo do ICMS Solidário do Esporte, que hoje é só 0,01% que é repassado aos municípios, nós iremos trabalhar para que os municípios possam ganhar um pouco mais. Sabemos que são várias bandeiras do ICMS Solidário, sabemos das dificuldades, mas nós temos que aos poucos trabalhar para receber pelos menos 0,5%”, declarou.


O deputado ressaltou também a função do esporte na prevenção de doenças e também como meio de prevenir a violência social. Além disso, afirmou que no próximo dia 20 de maio será realizada em Divinópolis, uma Audiência Pública para discutir a questão de melhorias para o esporte da região.
Tolentino, que é também vice-presidente da Comissão de Política Agropecuária e Agroindustrial, afirmou que irá trabalhar em todas as bandeiras nessa área, e adiantou que está tentando viabilizar a implantação do “Barracão Rural”, em Divinópolis.  Segundo ele é um projeto que já existe em duas cidades mineiras e o objetivo é auxiliar a comercialização da produção rural da agricultura familiar.  A ideia  é através da Associação de Produtores Rurais da Agricultura Familiar de Divinópolis (Aprafade), que já tem o espaço físico disponível, implantar o projeto do Barracão Rural. 


Também na área de esporte o deputado afirmou que irá trabalhar para que Divinópolis seja uma das sub sedes da Copa. Anunciou que será agendada uma audiência pública, que ainda não tem data definida na cidade, para discutir o assunto, mas pontua que algumas áreas precisam de investimentos, como o aeroporto e espaço para treinamentos das equipes. Dessa forma Divinópolis poderá ter mais chances de concorrer e ser a escolhida por uma das quatro equipes, que irão ficar em Minas Gerais. 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.