quarta-feira, 28 de Janeiro de 2015 11:20h

Estacionamento no entorno do Mineirão é tema de audiência

Atordoados com os problemas causados por torcedores durante os jogos, moradores reivindicam volta do Padrão Fifa

Nesta quarta-feira (28/1/14), a Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) recebe o secretário municipal de Serviços Urbanos de Belo Horizonte, Pier Giorgio Senesi Filho. O secretário irá apresentar sugestões preparadas pela Prefeitura (PBH) para amenizar o transtorno causado por torcedores aos moradores vizinhos ao Mineirão em dias de jogos. Um dos principais temas que serão discutidos é o estabelecimento de proibição de estacionamento no entorno do estádio. A reunião será às 16 horas, no Plenarinho I. Em dezembro de 2014, a comissão recebeu representantes das associações de moradores, da polícia e da Prefeitura para discutir o problema. Na ocasião, a PBH se comprometeu a fazer uma série de estudos e apresentar possíveis soluções para o problema. Agora, parlamentares e moradores terão a oportunidade de escutar e avaliar essas propostas.

Segundo o deputado Sargento Rodrigues (PDT), que requereu a reunião, em dias de jogos, os moradores do entorno do Mineirão são vítimas de uma série de crimes e contravenções. Ele citou como exemplo o trânsito intenso, que atrapalha o direito de ir e vir dos cidadãos que residem na região, barulho causado por fogos de artifício e churrascos, que reúnem grupos de torcedores horas antes do início da partida.

O deputado também reclama do estacionamento proibido em portas de garagem, da extorsão de flanelinhas e do comportamento de torcedores que urinam em vias públicas e agridem transeuntes.

“Todas as associações foram unânimes em defender a volta do Padrão Fifa, utilizado durante a última Copa do Mundo, com a venda de bebidas alcoólicas dentro do estádio e a proibição de circulação nas ruas do entorno durante os eventos”, destaca o parlamentar. Na sua avaliação, essas medidas fariam com que os torcedores entrassem mais cedo no estádio e diminuiriam o tumulto nas ruas próximas.

Convidados – Além do secretário Pier Giorgio Senesi Filho, foram convidados a participar da audiência o vice-presidente da Associação dos Bairros São José e São Luís (Pró-Civitas), Claude Rene Camille Mines; o diretor de Meio Ambiente da Pró-Civitas, Fábio Souza Melo; o colaborador do Lar dos Meninos Dom Orione, William José de Freitas; e o presidente do Sindicato dos Taxistas, Ricardo Luiz Faedda.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.