quarta-feira, 23 de Outubro de 2013 12:06h

Estado e prefeitura trabalham juntos pelo aprendizado em São João Nepomuceno

A partir do projeto ‘Compartilhar para Crescer’, gestores, educadores e especialistas elaboram plano curricular unificado para escolas municipais

Em São João Nepomuceno, as escolas da rede estadual andam de mãos dadas com as escolas municipais. Na cidade, o projeto ‘Compartilhar para Crescer’, iniciativa da Secretaria de Educação de Minas Gerais que envolve escolas da rede estadual, foi ampliado e as quatro escolas estaduais da cidade trabalham juntas com as escolas da rede do município.

O projeto busca criar um intercâmbio de boas práticas entre escolas da rede. O objetivo é que, à medida que as escolas estaduais conhecem os projetos pedagógicos umas das outras, possam aperfeiçoar os trabalhos feitos com seus alunos. Mas, os diretores de São João Nepomuceno precisavam de mais que isso para melhorar suas escolas.

O diretor da Escola Estadual Professor Gabriel Arcanjo de Mendonça, Cássio Fernando Cunha Alves, é um dos gestores da rede estadual que trabalha com as escolas municipais. Sua escola oferece vagas nos anos finais do ensino fundamental e ensino médio. Cássio e as diretoras das outras três escolas estaduais da cidade querem ajudar as instituições da rede municipal que oferecem os anos iniciais, para que os alunos cheguem ao 6º ano com um desempenho melhor que têm hoje.

“Estamos ajudando na elaboração de um plano curricular unificado para todas as escolas municipais, um plano que valorizasse a essência desse nível de ensino: leitura, interpretação e quatro operações. Esse trabalho envolve todos os diretores e especialistas municipais e equipe de professores dos anos iniciais”, explica o educador. Dessa forma, apesar de as escolas estaduais receberem os alunos somente nos anos finais do ensino fundamental, têm um papel significativo na educação das crianças antes mesmo de ingressarem na rede estadual.

Agora, Estado e prefeitura trabalham juntos para a elaboração do ‘Plano Curricular Unificado da Rede Municipal de Ensino de São João Nepomuceno’. O processo envolve especialistas, professores e gestores das redes municipal e estadual e Secretaria Municipal de Educação.

A rede municipal indicou os educadores participantes, que estão divididos em educação infantil, 1º ao 3º ano do ensino fundamental e de 4º e 5º anos do ensino fundamental, que trabalham com apoio de professores dos componentes curriculares de Língua Portuguesa e de Matemática do 6º ano do ensino fundamental.

Para funcionar, as duas redes de ensino andam juntas. Na Escola Municipal Coronel José Brás, a diretora Maria Inês Teixeira Ribeiro e sua equipe já começaram o trabalho. “Já conversamos com as professoras para enxugarem, darem o básico e revisarem. Depois haverá uma prova veremos os resultados”, afirma a gestora.

Segundo ela, esse plano curricular era algo que já era pensado, mas sua execução ainda não tinha sido colocada em prática. “Esse foi um primeiro passo, sentamos juntos e vamos começar a dar uma resposta, não vai ficar só no papel. Temos o apoio da Secretaria Municipal de Educação e dos professores da rede estadual e espero que o objetivo seja alcançado. Talvez não no ano que vem, mas quem sabe no próximo”.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.