quarta-feira, 19 de Março de 2014 10:53h

Estado entrega instrumentos a 104 bandas de música de todas as regiões mineiras

Durante a solenidade, 25 agremiações vencedoras do novo edital de Uniformes e Indumentárias receberam prêmio no valor de R$ 8 mil cada uma.

Com o objetivo de fomentar o trabalho de um dos maiores ícones da cultura mineira, o governador Antonio Anastasia entregou, nesta quarta-feira (19/03), em solenidade no Palácio da Liberdade, 582 instrumentos musicais a 104 bandas de 101 municípios de Minas Gerais.

Elas foram selecionadas pelo Edital 2013 da Secretaria de Estado de Cultura (SEC), por meio do Programa Bandas de Minas, cujo objetivo é a preservação de uma das mais importantes manifestações culturais do Estado. Flautas, clarinetas, requintas, trompetes, trombones, trompas, caixas de guerra, bumbos, surdos e sousafones são alguns dos equipamentos distribuídos.

“As bandas merecem toda atenção do poder público, que é o responsável por fomentar as ações de cultura. As bandas, talvez, sejam o exemplo mais característico de nossa cultura mineira. Por isso, o nosso empenho, do norte ao sul, de leste a oeste de Minas Gerais, tendo em vista a força, o vigor e a relevância das bandas musicais da nossa história”, enfatizou o governador Antonio Anastasia.

A novidade de 2013 foi a criação do edital de Uniformes e Indumentárias, que atende a uma demanda das Bandas Civis em enriquecer cada vez mais suas apresentações. Vinte e cinco bandas vencedoras do novo edital receberam prêmio no valor de R$ 8 mil cada uma.

Após entregar os certificados e os prêmios aos selecionados no projeto, o governador destacou que se trata de uma retribuição ao trabalho desempenhado pelas bandas. “O Programa Bandas de Minas foi se aperfeiçoando. No primeiro momento, eram somente os instrumentos, depois as partituras e gravações, agora, a indumentária. Estamos conseguindo meios suficientes para retribuir o trabalho voluntário, gracioso e fundamental que as bandas de Minas exercem para a sociedade e, por isso, merecem nossos aplausos. Esses são os valores do nosso povo e que, nós, mineiros, cultuamos de modo muito especial”, afirmou.

Tradição

Minas Gerais possui 724 bandas cadastradas na Secretaria de Estado de Cultura, sendo um dos estados brasileiro que abriga o maior número dessas corporações. Desse total, 555 corporações musicais, de 432 municípios, já foram beneficiadas com a entrega de 8.817 instrumentos, no período 2003 a 2013. Os recursos destinados ao programa, que tem parceria com a Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemig), chegam a R$ 6,9 milhões.

A primeira banda de música do Brasil surgiu em Mariana (MG), em 1774, e teve Pedro Novalasco da Costa como regente. As bandas se tornaram mais populares quando a Corte Real Portuguesa chegou ao Brasil, em 1808, e trouxe uma banda que passou a tocar nas cerimônias oficiais.

“Esse é um programa muito importante porque democratiza o acesso à cultura e trabalha com a questão da descentralização cultural, levando benefícios a bandas de todas as regiões do Estado. Ao longo dos últimos dez anos foram mais de oito mil instrumentos distribuídos, cerca de R$ 7 milhões investidos e a continuidade do programa já esta garantida. Esperamos cada vez mais ampliar este projeto e adequá-lo para que ele atenda, cada vez mais, as demandas das nossas bandas”, explicou a secretária de Cultura, Eliane Parreiras.

A solenidade de entrega dos instrumentos musicais também contou com a presença do presidente da Codemig, Osvaldo Borges, de secretários de Estado, deputados e diversos prefeitos.

Valorização da atividade

Na edição 2013 do edital Instrumentos, o Governo registrou 251 projetos inscritos de 228 municípios. Segundo dados da Superintendência de Ação Cultural, responsável pelo edital, após receberem os instrumentos musicais, algumas bandas - às vezes centenárias - têm conseguido aumentar o corpo de músicos e, consequentemente, de apresentações. O programa tem permitido que muitas bandas inativas retomem a atividade com regularidade.

No interior, o programa oferece ainda oficinas de capacitação, que começam em abril e são voltadas para músicos e maestros. Em 2013, foram realizadas 12 oficinas de capacitação de Manutenção e Reparo de Instrumentos, Percepção Musical, Técnica de Regência. O Governo de Minas também entregou um kit de partituras para as bandas contempladas no edital, como forma de atender à demanda de escassez de repertório para ser trabalhado.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.