quinta-feira, 10 de Maio de 2012 14:00h Marina Alves

Estudantes de Odontologia da Universidade de Itaúna atendem funcionários da EMOP

Uma ação solidária marcou a Emop na última terça-feira (08). Durante a tarde desta última terça, 53 estudantes do sétimo período do curso de odontologia da Universidade de Itaúna (UIT) foram a Emop para atender gratuitamente a funcionários da Empresa Municipal de Obras Públicas.
Segundo a assessoria de imprensa, a iniciativa partiu da procura da Emop pela parceria com a Universidade de Itaúna. Os 53 estudantes então, vieram a Emop e atenderam aos funcionários com os tratamentos odontológicos necessários. Inicialmente, o atendimento feito foi somente para o diagnóstico, e o tratamento continuará a ser feito na universidade, em Itaúna.
Conforme o diretor geral da Emop, Ebert Lourenço, a Emop já realiza a algum tempo o trabalho social, com os funcionários da empresa. “Entramos me contato com os estagiários do curso de odontologia da Universidade de Itaúna para que eles pudessem dar o atendimento necessário aos nossos funcionários. Na terça-feira houve a avaliação prévia, onde os estudantes diagnosticaram os casos de cada um” explica Ebert.
Após a avaliação prévia, feita na própria empresa, os funcionários serão encaminhados a Universidade, onde será dada a continuidade do tratamento. A cada semana, quinze funcionários da Empresa irão a Universidade. Será tirado um dia da semana, e durante metade do horário o atendimento será feito aos funcionários que irão fazer o tratamento. Os casos de maior urgência serão atendidos primeiramente dentre os funcionários que farão o tratamento.
Ao todo, 150 funcionários irão fazer o tratamento, fornecido pela parceria entre Emop e Universidade de Itaúna. O Diretor da Emop conta também que a empresa está fazendo outra parceria, desta vez com a Funedi/Uemg. “Estamos também fechando uma parceria com o curso de fisioterapia da Funedi/Uemg, que irá realizar um trabalho de ginástica, principalmente para as pessoas que trabalham no setor de varrição. A ginástica será para antes, durante e depois do serviço de varrição, e os estagiários do curso irão realizar o acompanhamento dessas pessoas”. Segundo Ebert, as medidas estão sendo tomadas para melhorar a qualidade de vida de seus funcionários: “Nós queremos fazer o melhor para os nossos funcionários, para que aqui eles sejam cada vez mais bem cuidados, muito bem tratados, para que eles possam desenvolver melhor as suas funções“
De acordo com nota divulgada, o Encarregado Reginaldo Célio de Miranda parabenizou a iniciativa: “A maioria dos funcionários não tem condições de custear um tratamento dentário, quando tais iniciativas são executadas automaticamente a qualidade de vida e o desempenho do funcionário melhoram e muito, tanto a Emop quanto a Prefeitura estão de parabéns”, comenta.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.