terça-feira, 13 de Janeiro de 2015 11:22h

Estudantes mineiros estão entre os Jovens Embaixadores que embarcaram para os Estados Unidos

No total, 50 jovens brasileiros foram selecionados pelo programa da Embaixada Americana. Entre eles, três alunos vieram de escolas da rede estadual mineira

Três alunos da rede estadual mineira estão a caminho de uma incrível experiência. Cora Wallach Sanches, da Escola Estadual Doutor Emílio Silveira, de Alfenas; Fabrício Izauro Martins Rezende, de Abadia dos Dourados, que estuda na Escola Estadual Professor Vicente Lopes Perez, de Monte Carmelo; e Lucas Rodrigues Fonseca, da Escola Estadual Doutor José Gonçalves, de Itaúna, foram selecionados pelo Programa Jovens Embaixadores e embarcaram para os Estados Unidos.

O resultado saiu em outubro e, desde então, os estudantes prepararam-se para a viagem: são muitas instruções, bagagem para três semanas em um clima bem diferente do brasileiro e em um lugar bem longe de suas famílias. “Eu estou bem tranquilo, a família é que não está”, contou Lucas.

Antes do embarque, na última sexta-feira (9), os estudantes passaram alguns dias em Brasília. Na capital federal, receberam as últimas informações para o intercâmbio, tiraram o visto para os Estados Unidos e encontraram os outros jovens, de todo o país, que também se preparavam para a viagem aos Estados Unidos. O contato começou antes mesmo desse encontro. “A gente tem um grupo no Whatsapp. Conversamos e até fizemos um amigo oculto”, revelou Cora. No total, 50 jovens embarcaram, sendo seis deles de Minas Gerais.

A primeira etapa da viagem ocorre na cidade de Washington, a capital americana. Lá, os participantes vão conhecer de perto como funciona a política dos Estados Unidos. Depois de alguns dias, se dividem em grupos e partem para diferentes estados, onde viverão com uma família americana, assistirão a aulas e vão poder interagir com jovens da sua idade. Também participarão de atividades sociais e culturais na comunidade e farão apresentações sobre o Brasil.

Cora terá como destino a cidade de Tulsa, no estado de Oklahoma. Na preparação, já pesquisou tudo sobre a cidade que vai recebê-la. “É uma cidade muito bonita, muito moderna”, destacou. Lucas também procurou informações sobre a cidade para onde vai: Seattle, no estado de Washington. “Gostei bastante da cidade. É a cidade do Bill Gates, da Microsoft. Quero conhecer o Space Needle, uma famosa torre da cidade, e o Museu da Música”, enfatizou.

Os estudantes retornam ao Brasil no dia 1º de fevereiro e continuarão a participar de atividades do Programa Jovens Embaixadores. Eles também terão que colocar em prática action plans (planos de ação) que vão elaborar durante o intercâmbio, como fizeram, em 2014, Larissa, Augusto e Victor, alunos da rede estadual selecionados na última edição da iniciativa da Embaixada Americana.

Jovens Embaixadores

O Programa da Embaixada Americana no Brasil existe desde 2002 e oferece a estudantes a oportunidade de expandirem seus horizontes ao mesmo tempo em que os ajudam a fortalecer os laços de amizade, respeito e colaboração entre o Brasil e os Estados Unidos.

Desde o lançamento, 331 brasileiros de escolas públicas, inclusive estudantes da rede estadual mineira, já participaram do programa.

Nessa atual edição, além de Cora, Fabrício e Lucas, Arthur Oliveira Abrantes, de Paracatu, e Warley Almeida Silva, de Juiz de Fora, foram selecionados para o Programa.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.