sexta-feira, 20 de Junho de 2014 09:48h

Explosões de caixas eletrônicos têm redução de 17% em Minas Gerais

Segundo a Secretaria de Estado de Defesa Social, 129 registros do crime foram feitos nos quatro primeiros meses de 2014

Minas Gerais apresentou redução de 17% no número de explosões de caixas eletrônicos nos primeiros quatro meses desse ano em comparação com o mesmo período do ano passado, informa a Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds). Foram 156 ocorrências de janeiro a abril de 2013 contra 129 nos primeiros quatro meses de 2014.

A redução dos números aconteceu tanto em Belo Horizonte quanto no interior do Estado, que concentra a maior quantidade de ocorrências. Na capital foram apenas dois registros entre janeiro e abril deste ano, enquanto no ano passado os quatro primeiros meses do ano somavam 12. A queda é de 83%. Já no restante de Minas Gerais, os números passaram de 144 no primeiro trimestre de 2013 para 127 no mesmo período deste ano, uma redução de quase 12%.

Para o secretário de Estado de Defesa Social, Rômulo Ferraz, a queda nos índices é resultado de diversas ações de inteligência adotadas pelas Polícias Civil e Militar, além da parceria com órgãos como o Exército e a Polícia Rodoviária Federal para fiscalização de estradas e mineradoras. “Os números demonstram uma queda gradual em relação ao ano passado, inclusive com dois meses – março e abril – sem ocorrências em BH”, afirma.

O secretário ressalta a importância das operações Divisas Seguras, coordenadas pela Secretaria de Defesa Social e realizadas em parceria com as polícias Civil e Militar, o Corpo de Bombeiros Militar, a Receita Estadual, a Receita Federal, o Ministério Público, a Polícia Rodoviária Federal e os Estados de São Paulo, Goiás, Espírito Santo e Mato Grosso.  O objetivo é impedir a entrada de veículos roubados, explosivos, armas, drogas e outros materiais ilícitos em todas as regiões de Minas Gerais. Somente nestas operações já foram apreendidos 300 quilos de material explosivo e três bobinas de cordel detonante.

Destaques

A Região Metropolitana de Belo Horizonte apresentou redução de 65% nos registros de explosão de caixas eletrônicos nos quatro primeiros meses desse ano em comparação com o mesmo período do ano passado. Foram 31 ocorrências de janeiro a abril de 2013 e somente 11 em 2014.

A 13ª Região Integrada de Segurança Pública (Risp), com sede em Barbacena, não teve nenhuma ocorrência de explosões de caixas eletrônicos de janeiro a abril de 2014. Neste período do ano passado houve 3 registros.

Também merecem destaques as reduções apresentadas na 12ª, 15ª e 17ª Risps, com sedes em Ipatinga, Teófilo Otoni e Pouso Alegre, respectivamente. Na região de Pouso Alegre, foram 4 ocorrências de janeiro a abril de 2014, contra 18 no mesmo período do ano passado - o que representa uma queda de 78%.

Nas regiões de Ipatinga e Teófilo Otoni a redução foi a mesma, de 43%. Na 12ª Risp, os registros passaram de 23 para 13, entre os primeiros quatro meses de 2013 e 2014. Já na 17ª Risp, as ocorrências foram de 7, entre janeiro e abril de 2013, para 4, no mesmo período de 2014.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.