segunda-feira, 23 de Junho de 2014 07:45h

Fan Fest em Belo Horizonte recebe torcedores e jornalistas de várias nacionalidades

Estrangeiros da Argentina e do Irã acompanharam o jogo entre as seleções e se divertiram com os shows. Centro Aberto de Mídia funciona no local

O quinto dia da Fan Fest em Belo Horizonte reuniu cerca de oito mil pessoas no Expominas, em Belo Horizonte. Neste sábado (21/06), torcedores da Argentina e do Irã acompanharam o jogo entre as seleções no local e se divertiram, desde às 15h, com a programação de shows.

Os sul-americanos comemoraram a vitória suada do clube albiceleste contra o Irã por 1 a 0. Em uma bela confraternização, brasileiros, argentinos e torcedores de diversas nacionalidades acompanharam os shows que aconteceram nos intervalos das partidas entre Argentina e Irã, Alemanha e Gana e Nigéria e Bósnia.

A dupla mineira Don & Juan subiu ao palco às 15h e animou a torcida com suas baladas sertanejas. Os irmãos Roberval (Don) e Rogério Cardoso (Juan) começaram a carreira em Varginha, Sul de Minas, onde nasceram. Ainda crianças, se apresentavam em exposições agropecuárias na região. Mais tarde, se mudaram para Belo Horizonte onde se aperfeiçoaram e continuam conquistando cada vez mais espaço no mercado musical.

O secretário de Estado de Turismo e Esportes, Tiago Lacerda, foi conferir a Fan Fest. “Estamos muito satisfeitos. A avaliação geral da Copa é positiva, não só do estado como também da cidade sede, Belo Horizonte. Mas ainda temos jogos pela frente e muito trabalho a ser feito”, disse.

A banda Blitz, atração mais esperada do dia, se apresentou no palco principal do Expominas e agitou o público com um repertório de músicas dos anos 80. Comandado pelo cantor Evandro Mesquita, o grupo, com mais de 30 anos de estrada, foi um dos precursores do rock nacional. Você não soube me amar, Beth Frígida, Geme Geme e A dois passos do paraíso foram alguns dos sucessos tocados no show.

Para encerrar a festa, o trio Nabor e o Bando, formado pelo vocalista e violonista Nabor Antunes, o baixista Raphael Righi e o baterista Pedro Henrique, apresentaram músicas autorais e releituras de grandes nomes da música nacional e internacional.

Jornalistas de todo o mundo

Além de ser o palco para as comemorações dos torcedores durante a Copa do Mundo, o Belo Horizonte Fifa Fan Fest conta com um Centro Aberto de Mídia (CAM) voltado para a imprensa nacional e internacional que está na cidade cobrindo o torneio. Ao todo, o espaço já recebeu cerca de 200 repórteres, cinegrafistas e fotógrafos de diferentes veículos e países como Inglaterra, Argentina, Espanha, França, Estados Unidos, Egito, Japão, Argélia, Dinamarca, Grécia, Venezuela, Catar, Porto Rico e Panamá.

O CAM, coordenado pela Prefeitura de Belo Horizonte, possui estações de trabalho, com acesso à internet cabiada e WiFi, televisores para a transmissão dos jogos, cabines acústicas para gravações de rádio e TV, além de estar estrategicamente localizado no Expominas, de forma a permitir a visão panorâmica da Fan Fest. Uma equipe de assessores de imprensa está à disposição para auxiliar os profissionais e fornecer informações sobre o evento, o torneio e a cidade.

O argentino Enrique Duplaá, radialista da Agência de Notícias Estatal Telam, foi um dos profissionais a utilizar o Centro Aberto de Mídia. Segundo ele, o local facilitou o trabalho e permitiu interação com os seus ouvintes. "Gostei muito da estrutura dedicada aos jornalistas durante o evento. Daqui realizamos transmissões ao vivo para o programa Deportivo Telam”, disse o jornalista que está acompanhando a seleção da Argentina, hospedada na região metropolitana de Belo Horizonte. Em sua primeira visita à capital mineira, Enrique gostou do que viu. “É possível notar a poderosa estrutura de engenharia civil da cidade. A gentileza no trânsito também chamou minha atenção", comentou.

Já para Juan Arago, que escreve para a revista Examiner, o site Soccerly, ambos dos Estados Unidos, e para o jornal The Telegraph, do Reino Unido, tem sido uma emoção cobrir a maior competição de futebol do planeta pela segunda vez. "Cobri a Copa de 2006 na Alemanha. Aqui no Brasil, estou percebendo um Mundial a partir da mentalidade dos sul-americanos. Na Fan Fest, notei muita energia e alegria, o que é importante para quem vem ver os jogos", apontou o repórter, que irá cobrir os jogos da Colômbia, Chile e Uruguai.

O jornalista Ayman Elmanhdy, do Egito, veio para a capital mineira apenas com a ideia de fazer a cobertura do jogo entre Bélgica e Argélia, realizado na última terça-feira (17/06) no Mineirão, mas acabou mudando seus planos. “A cidade é muito bela e me despertou o interesse em fazer outras matérias. Vou prolongar minha estadia para conhecer o máximo que conseguir desse lugar”, disse. Logo que chegou na Fan Fest, Ayman foi surpreendido por Cecília Cunha, uma das responsáveis pelo credenciamento de imprensa no local. A funcionária cumprimentou o jornalista em árabe, idioma que estuda, e acabou virando matéria do Kooora, site egípcio para o qual Ayman trabalha. “Já tinha percebido a ótima estrutura do Centro de Mídia, mas realmente não esperava que alguém conversasse comigo em meu próprio idioma. Isso é incrível”, elogiou o jornalista.

O Centro Aberto de Mídia funciona todos os dias no Expominas, de 11h às 22h, exceto nos dias 02, 03, 06, 10 e 11 de julho. A entrada da imprensa é somente pela rua Craveiro Lopes. O credenciamento é feito no próprio local.

Prato mineiro é o mais vendido

Carro-chefe das lanchonetes do evento, o feijão tropeiro é o prato mais consumido na Fan Fest. Segundo o representante da Abrasel, Juliano Caldeira, mais de 12 mil porções foram vendidas nesses cinco dias de festa. Além disso, 200 quilos de pão de queijo e 9.000 pizzas ocupam lugar de destaque entre os alimentos mais consumidos. Ainda de acordo com Juliano Caldeira, as bebidas são responsáveis por cerca de 75% das vendas.

Recordações da Copa

Chaveiros, camisetas, bonés e bonecos do mascote da Copa, o Fuleco, tem tido uma boa saída, de acordo com Ricardo Romualdo, colaborador da loja oficial da Fifa montada no foyer de entrada do pavilhão. “Os torcedores estrangeiros compram mais, no intuito de guardar ou presentear alguém com uma lembrança da Copa no Brasil”, diz Romualdo. Torcedores podem também conferir e comprar objetos do artesanato brasileiro no Espaço da Cultura, montado do lado de fora do pavilhão, em frente ao foyer de entrada.

 

 

Programação da Fan Fest em BH

- 21/06: Don e Juan (15h) / Blitz (18h) / Nabor e o Bando (21h)

- 22/06: MC Sapão (15h) / DJ Marlboro (18h) / Maria Rubia (21h)

- 23/06: Daniel Maestri (15h) / Cheiro de Amor (19h) / Gabriel Elias (21h)

- 24/06: Sunga de Pano (15h) / Jeito Moleque (19h) / Dennis e Renan (20h40)

- 28/06: Papo di Bakana (15h) / Daniela Mercury (19h) / Nêgo Henrique (20h45)

- 29/06: Vitor e Guilherme (15h) / João Lucas e Diogo (19h) / Alex e Tiago (20h45)

- 04/07: 14 BIS (15h) / Thiaguinho (19h) / Na Cadência do Samba (20h45)

- 05/07: Paula Fernandes (15h) / Lu e Tchelo (19h) / Sofia Del Prado (20h45)

- 08/07: César Menotti e Fabiano (15h) / Humberto e Ronaldo (19h) / João Kasak (20h45)

- 09/07: Fred e Tiago (15h) / Victor e Léo (19h) / Fred e Geraldinho (20h45)

- 12/07: Grupo Ousadia (15h) / Tuca Fernandes (19h) / Thiago Yyoo (20h45)

- 13/07: Sambalaço (14h) / Arlindo Cruz (18h) / Bartucada (20h45)

Com informações da Prefeitura de Belo Horizonte e da Setes.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.