segunda-feira, 13 de Junho de 2016 15:55h Atualizado em 13 de Junho de 2016 às 15:57h. Paulo Coelho

Fernando Pimentel entrega 143 veículos para a área de saúde no Vale do Aço

Ação vai beneficiar 105 prefeituras da região e é mais um atendimento às demandas dos fóruns regionais de governo

O governador Fernando Pimentel entregou nesta segunda-feira (13/6), em Ipatinga, no Território de Desenvolvimento Vale do Aço, 143 veículos para atendimento da saúde na região. Deste total, 58 são ambulâncias. Os veículos vão beneficiar 105 prefeituras, totalizando R$ 7,2 milhões em investimentos com recursos do Tesouro Estadual.

A ação é resultado das demandas dos Fóruns Regionais de Governo realizados no ano passado e faz parte do Programa de Doação de Veículos para Atenção à Saúde nos municípios mineiros, contemplando prefeituras ou instituições filantrópicas credenciadas como prestadores de serviço ao Sistema Único de Saúde (SUS).

 

 

 

Durante o evento, Pimentel assinou dois convênios em parceria com a Prefeitura de Ipatinga, no valor de R$ 969,7 mil, para a reforma do Cemitério do Barra Alegre, distrito de Ipatinga, e das praças Central do bairro Bela Vista e da Sankyu, no Cidade Nobre. Esses convênios foram firmados entre o Executivo Municipal e a MGI - Minas Gerais Participações S.A – com a interveniência da Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop). A expectativa é que a primeira parcela dos recursos seja liberada ainda nesta semana.

“A maioria dos municípios têm tido convênios desse tipo com o governo do Estado. Com muita dificuldade, porque, realmente, não tem dinheiro, mas qualquer dinheirinho que sobra, todos os secretários de Estado sabem: a prioridade é o município. Sobrou uma verbinha, a prioridade é o prefeito, é a prefeita. Sobrou alguma coisinha, atende à demanda que o deputado traz do seu município, porque isso é que vai mudar a vida do cidadão para melhor”, afirmou o governador.

 

 

 

Pimentel ressaltou a importância das emendas parlamentares para melhorar a vida dos cidadãos. “O parlamentar tem todo o direito de usar uma parte do orçamento do Estado para atender demandas do seu município. Então, o primeiro encontro que celebramos aqui é a parceria com a Assembleia Legislativa de Minas Gerais. A demanda dos carros da saúde é muito justa e está sendo atendida aqui, materializada nesses veículos”, disse.

Pimentel também destacou a parceria do Estado com os municípios. “É lá (município) que se resolve o problema das pessoas. Quando o problema sobe para chegar no Estado ou no governo federal, é porque não foi resolvido”. O governador lembrou o esforço da administração estadual para superar as limitações financeiras e levar resultados à população. “Nós temos um déficit no orçamento do Estado R$ 10 bilhões”, resumiu.

 

 

 

Crise e serenidade

Mais uma vez, o governador destacou a necessidade de haver harmonia e trabalho para superar a crise econômica e política no Brasil. “Nós vamos superar a crise que o Brasil está vivendo. Todos os estados brasileiros, sem exceção, são objetos, são vítimas desta crise. É uma crise aguda do ponto de vista econômico não só no Brasil, mas no mundo inteiro. É uma crise político-institucional muito grave. Talvez nunca tenhamos tido no Brasil um momento de estresse tão grande entre os poderes constituídos, Legislativo, Executivo e Judiciário, no nível federal. Mas eu tenho uma fé muito grande de que nós vamos superar isso”, afirmou.

“E vamos superar como? Primeiro, com serenidade, com sensatez, sem avançar em conclusões às vezes apressadas, sem fazer justiçamentos e linchamentos públicos daquilo que, às vezes, é só uma denúncia e já vira como se fosse uma condenação. Sensatez, equilíbrio que, aliás, é o que caracteriza Minas Gerais. A vida política mineira sempre foi caracterizada pelo equilíbrio, pela sensatez, pela ponderação. É isso que nós precisamos neste momento. E as coisas vão se esclarecendo com o tempo, as instituições vão funcionando, e vão deixando às claras, separando o joio do trigo, e nós temos que continuar o nosso trabalho”, completou Pimentel.

 

 

 

O governador frisou a importância da harmonia e conciliação entre todas as esferas de Poder. “Precisamos de harmonia entre a Assembleia Legislativa e o Executivo, entre os prefeitos e o governo do Estado, entre o Judiciário e poder Executivo, para permitir que os prefeitos trabalhem. É preciso que o Judiciário colabore também. O Tribunal de Contas colabore. O Ministério Público colabore, entenda as dificuldades, para que a gente possa, ao final, produzir aquilo que é o objetivo de todos: alcançar o bem comum, melhorar este Estado, este país, deixá-lo melhor”, finalizou.

A prefeita de Ipatinga, Cecília Ferramenta, elogiou o olhar regionalizado e a proximidade do governador com a população de Minas Gerais. “É uma alegria receber o governador na nossa cidade, no Vale do Aço, porque é muito mais do que uma entrega de carros para a saúde. É a importância de termos o Estado, os secretários, trazendo essa proximidade, o diálogo e o debate que foram prometidos e estão sendo cumpridos aqui e nos Fóruns Regionais de Governo”, afirmou.

Participaram da cerimônia os secretários de Estado de Governo, Odair Cunha, e de Saúde, Sávio Souza Cruz, deputados federais e estaduais, prefeitos, representantes de associações de prefeitos, lideranças da área da Saúde e o cônsul-geral de Moçambique em Minas Gerais, Deusdeth Gonçalves.

 

 

 

Convênios

As obras no Cemitério do Barra Alegre, que contam com o repasse de R$ 199,2 mil, consistem na construção de uma capela velório e na instalação de muro. No lugar, existe hoje uma edificação abandonada, sem segurança estrutural. A contrapartida do município é de R$ 9,96 mil (4,76% do total). O investimento total será de R$ 209,2 mil.

Já para a reforma das praças Central do Bela Vista e da Sankyu, no Cidade Nobre, serão R$ 770,5 mil, com contrapartida do município de R$ 38,5 mil (4,76% do total), perfazendo investimento de R$ 809 mil.

 

 

 

Carros da saúde

Os municípios beneficiados nesta entrega pertencem aos Territórios de Desenvolvimento do Alto Jequitinhonha, Caparaó, Mata, Médio e Baixo Jequitinhonha, Mucuri, Noroeste, Norte, Triângulo Sul, Vale do Aço e Vale do Rio Doce.

Com a entrega de hoje, o programa atinge 548 municípios beneficiados com 951 veículos. O investimento total é de R$ 43,7 milhões.

O programa tem como objetivo proporcionar qualidade no transporte de pessoas com necessidades de tratamento médico, realização de consultas ou exames, assistência técnica de caráter emergencial, assim como transporte de servidores ou de profissionais da saúde que realizam atividades estratégicas que proporcionem a melhoria na qualidade da assistência à saúde da população em Minas Gerais.

 

 

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.