quinta-feira, 1 de Setembro de 2016 17:08h SEGOV

Fernando Pimentel recebe presidente da Ancine para discutir ações voltadas ao audiovisual mineiro

Durante o encontro, participantes conheceram ações já desenvolvidas em Minas Gerais dentro do Programa de Desenvolvimento do Audiovisual Mineiro

O governador Fernando Pimentel recebeu nesta quinta-feira (1/9), no Palácio da Liberdade, o diretor-presidente da Agência Nacional do Cinema (Ancine), Manoel Rangel, a equipe do governo estadual responsável pelo Programa de Desenvolvimento do Audiovisual Mineiro (Prodam), lançado em junho, e cineastas. O objetivo do encontro foi discutir parcerias e políticas públicas voltadas ao setor audiovisual em Minas Gerais.

O secretário de Estado de Cultura, Ângelo Oswaldo explicou que a intenção do Prodam é viabilizar políticas públicas por meio de parcerias entre órgãos e entidades, entre elas a Ancine.

“O governador tem destacado que o setor audiovisual é decisivo para o desenvolvimento social, econômico e cultural de Minas Gerais. O audiovisual está crescendo muito e é importante que Minas Gerais ocupe o lugar que já tinha perdido para outros estados. Havia, no passado, ações desarticuladas no governo. Estamos agora procurando unir tudo isso. Com essa parceria com a Ancine, que é ligada ao governo federal, poderemos avançar fazendo convênios”, explicou o secretário após o encontro.

Quando foi lançado, em junho, o governo mineiro anunciou, dentro do Prodam, a destinação de R$ 23,5 milhões ao segmento audiovisual, distribuídos em editais destinados a roteiros, produção e finalização de longa-metragens para cinema e séries para televisão, além do pré-licenciamento de 37 projetos de obras seriadas e não-seriadas de ficção, animação e documentário.

“Nós temos vários editais. Devemos implantar um centro de audiovisual, temos programas com Codemig e BDMG. Isso ficou acertado de maneira detalhada com aval do governador e compromisso da Ancine de ser parceira de Minas Gerais. O programa visa, inclusive, a multiplicação de salas para audiovisual. A intenção da reunião com a Ancine foi fazer uma avaliação do que já foi feito e o que poderemos fazer com essa parceria”, completou o secretário.

Segundo o presidente do Prodam, Gilvan Rodrigues, há quatro editais em fase já avançada e que serão lançados em breve. “A ideia é que esses editais permaneçam e contribuam para a construção de uma política audiovisual no Estado”, afirmou.

Também participaram do encontro o secretário de Estado de Governo, Odair Cunha, o presidente da Codemig, Marco Antônio Castello Branco, o cineasta Helvécio Ratton, além dos coordenadores da ONG Contato, que promove projetos de audiovisual, Helder Quiroga e Vitor Santana.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.