quinta-feira, 19 de Novembro de 2015 10:53h

Finalistas mineiros do Prêmio MPE Brasil

Sebrae divulga os pequenos negócios que estão na final da etapa estadual da premiação, que reconhece as melhores práticas em gestão

da Gestão (MEG), da FNQ.
Elas receberam um relatório personalizado com pontos fortes e a indicação de oportunidades de melhoria na gestão, participaram de seminários estaduais para aumentar a competitividade e melhorar seus produtos e serviços, contribuindo para desenvolvimento econômico da comunidade.

Os vencedores estaduais ganharão troféu, certificado, direito de uso do selo da premiação e irão para Brasília, em março de 2016, disputar a etapa nacional. Se ganharem a etapa nacional receberão participarão de uma missão técnica e ainda receberão um relatório de avaliação com os pontos fortes da empresa e as oportunidades de melhoria.

O Prêmio MPE Brasil é promovido pelo Sebrae, em parceria com o Movimento Brasil Competitivo (MBC) e Gerdau, com apoio da Fundação Nacional da Qualidade (FNQ).
Resultados

Neste ano, Prêmio MPE Brasil recebeu mais de 7.256 inscrições, superando a meta prevista de 3.500.  Na última edição, duas empresas mineiras venceram a premiação nacional. Foram elas: Fazenda São Paulo (Patrocínio), pelas práticas de gestão, tecnologia e inovação na produção de café de alta qualidade, na categoria Agronegócios; e Laboratório São Luiz (Formiga), pela segurança e conforto pela equipe multiprofissional, na categoria Serviços de Saúde.

 


Finalistas do Prêmio MPE Brasil 2015

Bella Hair Cosméticos (Conselheiro Lafaiete)
Categoria: Comércio

Lila Maria (Juiz de Fora)
Categoria: Indústria

CPT Cursos Presenciais (Viçosa)
Categoria: Serviços de Educação

Laboratório Bioanálises (Pirapora)
Categoria: Serviços de Saúde

Excelmetro (Varginha)
Categoria: Serviços

Fran Motores (Congonhas)
Categoria: Serviços

Biotran (Alfenas)
Categoria: Serviços

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.