sexta-feira, 3 de Fevereiro de 2012 17:19h Atualizado em 4 de Fevereiro de 2012 às 18:17h. Liziane Ricardo

Frente Mineira de Prefeitos realiza Seminário sobre Drogas

Encontro será em março na capital mineira e vai reunir experiências e apontar diretrizes sobre o tema

O prefeito de Divinópolis, Vladimir Azevedo (PSDB), presidente da Frente Mineira de Prefeitos, definiu em reunião com o prefeito de Belo Horizonte, Márcio Lacerda (PSB), vice-presidente na FMP, a realização do Seminário sobre Drogas, nos dias 12 e 13 março no Centro de Convenções da Prefeitura de Belo Horizonte.
O prefeito Márcio Lacerda disse que existe uma angústia muito grande na sociedade e nas famílias em relação a esse drama das drogas. “Cabe a nós prefeitos, tomarmos as medidas possíveis ao nosso alcance para minorar esse problema. Vejo como muito importante o trabalho coletivo e a troca de experiência. O prefeito Vladimir pela sua experiência, é muito lúcido e uma pessoa de decisão rápida e conseguimos neste encontro decantar as propostas existentes e chegamos a um bom acordo”, avaliou.
Para Vladimir, o encontro confirmado para março servirá para nivelar conceitos e informações, principalmente das cidades pólos radiando para as cidades menores. “Tivemos a oportunidade hoje de estruturar e moldar a grade desse Seminário, que é uma das minhas bandeiras. Temos que discutir esse problema da droga que assola a sociedade e colocar em pauta o papel do município”, comentou.
O presidente da Frente Mineira de Prefeitos adiantou ainda que Divinópolis terá uma participação no encontro mostrando a experiência na criação secretaria adjunta de políticas sobre drogas e direitos humanos. “Será uma troca de experiência muito forte entre as cidades, principalmente nos trabalhos intersetoriais e multidisciplinares. Vamos alinhar todas as políticas em uma só frente”, finalizou.
De acordo com o secretário municipal de Desenvolvimento Social, Paulo dos Prazeres, o encontro foi produtivo e serviu para acertar a metodologia do tema proposto. “ A conferência terá mesas de debates, apresentação de diretrizes de enfrentamento do problema, relatado nos mais diversos setores como, assistência social saúde, educação, esporte e gestão. Vamos apresentar os destaques das ações coordenadas no nosso município também”, apresentou. Já o secretário da entidade, Erick Nilson Souto, lembrou que o último encontro em Leopoldina foi determinante para a concretização do Seminário. “ Vamos agora convidar os representantes de Cidades-pólos e as cidades que fazem parte da Grande Belo Horizonte”, falou.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.