quarta-feira, 5 de Junho de 2013 10:13h Agencia Minas

Frota do Corpo de Bombeiros recebe reforço em Ponte Nova

O 5º Pelotão do Corpo de Bombeiros, na cidade de Ponte Nova, região Central do Estado, acaba de receber um reforço em sua frota de viaturas, com a chegada de um caminhão “Autobomba Salvamento”. A nova viatura vai potencializar os atendimentos nos municípios da região.

A Autobomba Salvamento pode ser usada em diversos tipos de ocorrências, como incêndios e resgates, e possui capacidade para 2,5 mil litros de água. O veículo, que chega à Ponte Nova, foi adquirido por meio de recursos da Taxa de Incêndio e estava alocado na sede do 6º Batalhão, em Governador Valadares, unidade à qual o 5º Pelotão está subordinado.

De acordo com o soldado do Corpo de Bombeiros, Leonardo Amador, a Autobomba vai promover melhorias no atendimento. “Teremos mais mobilidade, além de maior cobertura em salvamentos e pequenas ocorrências de socorro e incêndio. É um ganho para o cidadão”, comenta.  Outra vantagem, de acordo com o militar, é que a viatura vai possibilitar uma otimização do número de bombeiros e de veículos empregados em cada ocorrência, devido às várias modalidades de chamados que poderão ser atendidos com esta Autobomba.

O caminhão é dotado com equipamentos para salvamento aquático e operações em altura, como em geradores de energia, torres de iluminação e desencarceradores, podendo também ser usado para a retirada de vítimas presas às ferragens.

Além da Autobomba, o pelotão recebeu, no mês passado, um caminhão de combate a incêndio equipado com cabine dupla e capacidade para 5 mil litros de água, viatura  também adquirida com recursos da Taxa de Incêndio.  Atualmente seis viaturas compõem a frota do 5º Pelotão. A expectativa é de que ainda neste semestre a unidade receba uma nova viatura de resgate. Inaugurado em dezembro de 2012, o pelotão já atendeu mais de 800 ocorrências em Ponte Nova e região no primeiro semestre deste ano.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.