segunda-feira, 11 de Maio de 2015 10:32h

Fundação Clóvis Salgado dá início às reformulações em seus projetos

Com o intuito de dar continuidade à formação dos integrantes do Ballet Jovem e de aprimorar seus projetos

Com o intuito de dar continuidade à formação dos integrantes do Ballet Jovem e de aprimorar seus projetos, a Fundação Clóvis Salgado dá início, a partir de junho de 2015, à implementação dos procedimentos que visam reformular o Centro de Formação Artística – Cefar.

Entre as primeiras ações está a retomada da concessão de bolsas de estudo aos bailarinos. O Governo ampliou o número de beneficiados de 16 para 20, perfazendo um investimento de cerca de R$110.000,00 para 2015, contemplando ainda a contratação de Andréa Maia (diretora artística), Patrícia Pinheiro (assistente de direção) e Thiago Oliveira (produtor), no período de junho a dezembro deste ano. Eles serão convidados a contribuir com o Projeto Piloto de Residência em Artes Cênicas do Cefar, juntamente com os demais professores e alunos do Cefar, além de representantes da comunidade artística, por meio de interlocuções realizadas na FCS.

As medidas que virão a ser tomadas viabilizarão a vivência prática e profissional dos bailarinos, além de colaborar para o desenvolvimento do campo da pesquisa e da inovação no ensino e formação nas artes cênicas.

Tais reformulações foram comunicadas aos integrantes do Projeto Ballet Jovem em reunião realizada no dia 8 de maio entre a Secretaria de Estado de Cultura, Fundação Clóvis Salgado e Assessoria Especial do Governo, iniciativa que demonstra que o Governo de Minas está aberto ao diálogo com a classe artística e, em especial, com os líderes do Ballet Jovem, e que se empenha para atender às demandas da sociedade civil, buscando sempre aperfeiçoar as práticas da administração pública.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.