sábado, 10 de Janeiro de 2015 07:33h

Funed se torna laboratório público com maior número de ensaios acreditados pelo Inmetro

Programa Nacional de Controle de Qualidade também reconheceu a excelência dos Laboratórios da Funed para diagnóstico de doenças

As análises realizadas em ensaios de proficiência pelos laboratórios da Fundação Ezequiel Dias (Funed) no período de outubro de 2013 a setembro de 2014 obtiveram 94,63% de acertos e, por isso, a Fundação Ezequiel Dias recebeu a classificação Excelente no segundo o Programa Nacional de Controle de Qualidade (PNCQ).

“Este resultado é fruto da qualificação técnica e do empenho da equipe dos laboratórios da Divisão de Epidemiologia e Controle de Doenças em realizar análises dentro dos mais rigorosos padrões de qualidade e confiabilidade como também da equipe da Divisão de Qualidade na gestão do Sistema implantado na Diretoria do Instituto Octávio Magalhães”, reconheceu a Diretora Rita Maria Lopes Naveira.

Desde 2010 a Funed participa, por meio dos laboratórios da Divisão de Epidemiologia e Controle de Doenças, do Programa Nacional de Controle da Qualidade (PNCQ), que é patrocinado pela Sociedade Brasileira de Análises Clínicas. E já conquistou o reconhecimento Excelente nos anos anteriores.

A outra boa notícia é que a Fundação Ezequiel Dias ampliou de 34 para 87 ensaios acreditados pelo Inmetro/Coordenação Geral de Acreditação. Com este numero, torna-se o Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) com maior número de ensaios acreditados no país. De acordo com o Inmetro, “acreditação” é uma ferramenta estabelecida em escala internacional que busca verificar se as organizações atendem a requisitos previamente definidos e demonstram ser competentes para realizar suas atividades com confiança.

Os serviços que possuem ensaios acreditados são o Serviço de Medicamentos, Saneantes e Cosméticos, Serviço de Análises em Produtos de Saúde, Serviço de Química, Serviço de Microbiologia de Produtos e Serviço de Microscopia de Produtos. A Funed foi o primeiro Lacen a ter ensaios acreditados na norma ABNT NBR ISO/IEC 17025, em 2008. Atualmente, apenas mais um dos 27 Lacen’s do país possui ensaios acreditados: o Instituto Adolfo Lutz, de São Paulo, acreditado em 2013.

A próxima avaliação ocorrerá em agosto de 2015, quando será realizada a avaliação de manutenção e extensão do escopo dos laboratórios da Funed. As avaliações de manutenção de escopo ocorrem a cada dois anos e as de extensão, a qualquer momento, dependendo da solicitação do laboratório.

Vigilância

Os laboratórios da Diretoria do Instituto Octávio Magalhães da Funed compõem o Laboratório Central de Saúde Pública do Estado de Minas Gerais (Lacen). Com qualidade reconhecida por órgãos nacionais e internacionais de acreditação, a Funed presta serviço de diagnóstico laboratorial das doenças transmitidas pela ingestão de água e/ou alimentos contaminados e também das doenças de notificação compulsória como dengue, febre amarela, Aids, Tuberculose, Leishmaniose, Doença de Chagas.

Realiza também vigilância laboratorial da qualidade da água para consumo humano e da qualidade sanitária de alimentos, cosméticos, medicamentos, produtos de limpeza hospitalar, tecidos biológicos e outros produtos para a saúde. Por ano, são mais de 500 mil exames e ensaios realizados. Uma importante atuação em busca da eficientização das políticas de saúde.

O papel da Funed nesse caso é fortalecer as ações de vigilância em saúde, produzindo resultados analíticos relatados com exatidão, clareza, objetividade, sem ambiguidade, obtidos a partir do uso de metodologias analíticas específicas e apropriadas atendendo aos requisitos de garantia da qualidade dos resultados. A partir desses resultados os gestores da saúde poderão adotar de medidas mais seguras para a proteção, promoção e recuperação da saúde minimizando os impactos sociais e econômicos negativos.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.