terça-feira, 21 de Junho de 2016 15:45h Agência Minas

Futebol Americano leva nove mil torcedores ao Mineirão, com o apoio da Secretaria de Esportes

Disputa da final estadual entre Minas Locomotiva e Get Eagles marcou o ressurgimento do campeonato mineiro da modalidade

No duelo entre as duas equipes de futebol americano da capital, o título do Campeonato Mineiro da modalidade ficou para o Minas Locomotiva, no Mineirão, no último sábado (18/6). No ressurgimento do esporte em Minas Gerais, o time venceu o rival Get Eagles por 21 a 17, com exibição para quase nove mil torcedores no Gigante da Pampulha.

Com o apoio da Secretaria de Estado de Esportes (Seesp), a competição, que estava adormecida desde 2012, conseguiu atrair o olhar de grandes clubes e patrocinadores, além de atrair novos seguidores. O campeonato até ganhou o apelido de Minas Bowl — em alusão ao Super Bowl, nome dado à decisão da National Football League (NFL), principal liga da modalidade no mundo e disputada nos Estados Unidos. Como resultado, em março, já na abertura da competição, realizada no Estádio Independência, o público atingiu a marca de 5.634 espectadores. A partida, inclusive, foi disputada entre as mesmas equipes finalistas, com vitória de 34 a 24 do Minas Locomotiva.

 

 

 

Para o presidente da Federação Mineira de Futebol Americano (FEMFA), Abraão Coelho, o suporte da Seesp foi fundamental no processo ao aproximá-los dos gestores dos estádios que receberam a final e a partida inicial da competição. “Abrir no Independência e encerrar no Mineirão não poderia ser melhor. O campeonato cresceu em qualidade e são grandes estádios recebendo jogos. Isso tem mostrado a força que o esporte vem ganhando”, exaltou Coelho.

O secretário de Estado de Esportes, Carlos Henrique Alves da Silva, também demonstrou grande entusiasmo pelo crescimento do futebol americano no estado. “Uma final dessa grandeza contagia os apaixonados pelo esporte. Estamos fazendo história em Minas Gerais e no Brasil”, disse.

 

 

 

Avanço na modalidade

Hoje, conforme a Seesp, grandes clubes de futebol estão incorporando a modalidade americana. Da mesma forma, a secretaria deseja trabalhar no fortalecimento e organização dessa modalidade que vem crescendo rapidamente no país e, dessa forma, atrair ainda mais praticantes e torcedores para esse esporte.

Em Minas Gerais o Futebol Americano já conta com aproximadamente 20 equipes, sendo seis federadas: Minas Locomotiva, Get Eagles BH, Timóteo Titans, Pouso Alegre Gladiadores, Monte Santo Highlanders e Uberlândia Lobos. Além disso, cerca de 1.500 pessoas praticam a modalidade como atletas e em projetos sociais.

 

 

 

Fenômeno

Segundo dados do Ibope, mais de 500 mil pessoas passaram pelo canal ESPN para acompanhar a vitória dos Patriots no Super Bowl 49, no ano passado. Um aumento de 84% em relação à transmissão em 2014. O engajamento dos fãs durante os jogos também é um destaque. Não é raro ver as hashtags dos canais ESPN e Esporte Interativo, donos dos direitos de transmissão da NFL no Brasil, entre os assuntos mais comentados no Twitter.

Recentemente o Ministério do Esporte perguntou aos seus seguidores no Facebook, que tem mais de 300 mil curtidas, qual era o esporte do verão e a versão americana no futebol teve o maior destaque. A quem diga até que juntas as três versões de futebol (de campo, americano e rugby versão similar a anterior mais conhecida em países de origem inglesa) formam o esportes mais popular do mundo.

 

 

 

Espetáculo completo

A FEMFA deseja difundir o estilo norte americano de torcer, que é muito mais do que ocupar cadeiras, é levar a família e os amigos para torcerem juntos e transformar aquele dia em uma grande festa esportiva. Nos Estados Unidos o “evento Futebol Americano” é distração garantida por até seis horas.

Na final do Minas Bowl, a festa também foi grande. Da animação das cheerleaders (líderes de torcida já tradicionais em diferentes competições norte-americanas) ao emocionante desfecho com gosto de virada para os campeões. Tudo isso sob o olhar, gritos e aplausos de nove mil torcedores.

Fora dos gramados teve mais: food trucks e apresentações antes e no intervalo da partida das bandas de rock CA$H e Laranja Mecânica. Aliás, essa plataforma de entretenimento que convida o torcedor a vivenciar ainda mais o esporte e interagir com ele é o que atrai ainda mais os patrocinadores, que encontrar várias oportunidades para ativar suas marcas.

 

 

 

Da partida

Comemorado como um gol de futebol, o touchdown da vitória foi marcado pelo o wide receiver Victor Vilaça, 19. Com uma virada espetacular no fim do jogo, o Minas Locomotiva venceu o Get Eagles no Mineirão, na noite deste sábado, por 21 a 17, e se sagrou tricampeão mineiro da modalidade, mantendo sua hegemonia no estado – levou título de forma invicta.

Os azuis do Get Eagles começaram na frente, com uma defesa mais sólida, chegando ao fim do primeiro tempo com o placar de 12 a 0. No terceiro quarto, quando os vermelhos do Locomotiva reagiram e fecharam com 17 a 6.

 

 

 

Experiência venceu juventude

Principais adversários do estado na atualidade, o vermelho do Minas Locomotiva e o azul do Get Eagles são versões da bola oval para clássicos como Cruzeiro e Atlético. O Locomotiva foi fundado em 2005, por um grupo de amigos que praticava o esporte por hobby no Parque Ecológico da Pampulha. Aos poucos, novos adeptos foram surgindo e hoje o time é reconhecido no cenário nacional, além de ser campeão invicto nas duas edições do campeonato mineiro. O GET Eagles Futebol Americano nasceu em 2002 de maneira informal e só em 2014 se tornou um time de Futebol Americano Full Pad. Hoje, com um plantel de aproximadamente 200 jogadores, encara pela primeira vez a final de um campeonato no estado, mas, já foi vitorioso até internacionalmente (no ano passado, levantaram o troféu da Copa América, no México).

 

 

 

De Minas para o mundo

Além de todo o mérito como desfecho da competição, a partida disputada no último sábado irá se tornar um documentário da série “Moving the Chains”, da produtora de vídeos norte-americana Podyum. Eles filmarão três episódios no Brasil, e começaram pela final do Campeonato Mineiro. O resultado poderá ser assistido futuramente na página da Podyum, no Youtube, assim como toda a série que começou a ser feita na Europa. Ela mostra como o esporte preferido dos americanos é praticado e difundido em diversos países do mundo.

 

 

 

Presenças ilustres

A final do Campeonato Mineiro contou com a narração de Rômulo Mendonça e comentários de Paulo Mancha, jornalistas que cobrem a NFL pela ESPN. Como as regras são complexas, é praxe das partidas no Brasil contarem com um narrador explicando a cada jogada as regras, para que todos entendam o jogo. Já o jogador brasileiro mais bem-sucedido a atuar na NFL, Cairo Santos prestigiou a abertura do Minas Bowl. Em sua conta oficial no Twitter, o atleta do Kansas City Chiefs mostrou-se orgulhoso do grande público presente no Independência.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.