sábado, 29 de Novembro de 2014 05:27h

Gasolina está em média 2,94% mais cara em Belo Horizonte

Repasses aplicados pelos postos foram inferiores aos reajustes promovidos pela Petrobras no início do mês

Os reajustes de 3% no preço da gasolina e de 5% no do diesel aplicados pela Petrobras em 7/11/14 significaram, nos postos de Belo Horizonte, um repasse de 2,94% e 3,44%, respectivamente. Essa é uma das conclusões do Procon da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), que coletou os preços em 81 postos de combustíveis na Capital entre os dias 25 e 26/11/14. O etanol ficou em média 1,69% mais caro em relação ao levantamento de outubro, enquanto que o preço do gás natural veicular (GNV), pesquisado em 34 revendas, subiu 1,54%. Entre os estabelecimentos pesquisados, o preço mais baixo para o litro de gasolina foi de R$ 2,789, enquanto que o mais caro chegou a R$ 3,249, uma variação de R$ 0,82 por litro. O preço do etanol varia entre R$ 1,888 e R$ 2,499 (R$0,61 por litro) e o do diesel, de R$ 2,549 a R$ 2,999 (0,45 por litro). No caso do GNV, os preços variam entre R$ 1,859 e R$ 2,099 (R$ 0,24 por m³).

Das nove regiões pesquisadas, as maiores altas foram verificadas em Venda Nova, com reajuste médio de 5,45%. Isso se deve principalmente ao reajuste aplicado no preço do etanol, que chegou a 9,98% nos postos da região. Os menores aumentos ocorreram no Barreiro, com 0,70%. Ali, o etanol ficou em média 1,91% mais barato.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.