quinta-feira, 15 de Setembro de 2016 14:50h AGENCIA MINAS

Governador entrega obra de pavimentação na MG-265 em Divino

Investimento do Estado é de R$ 2,72 milhões; obra reivindicada pela população vai facilitar escoamento da produção agrícola local e aumentar a segurança

O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, entregou nesta quinta-feira (15/9), em Divino, no Território Mata, as obras de recuperação do trecho da Rodovia MG-265, entre o entroncamento da BR-116 e a cidade. O investimento total é de R$ 2,72 milhões. No trecho de nove quilômetros foram executados serviços de recapeamento, asfaltamento dos acostamentos, recuperação das sinalizações horizontal e vertical, além da instalação de novas placas.

Segundo Pimentel, a intervenção é importantíssima para a cidade por ser a ligação do município com o Rio de Janeiro e Espírito Santo. “Nós viemos aqui depois de 50 anos do último governador (Israel Pínheiro, em 1969), e viemos para repetir o compromisso que a gente tem com todo o estado de Minas Gerais. Não importa o tamanho do município, da população. Minas é o estado dos extremos e o governo tem que dar conta disso tudo”, afirmou.

“É uma estrada, que são nove quilômetros, mas tem 50 anos que ela foi feita e nunca tinha sido reformada, recuperada com a qualidade que foi. Então, poder ver as obras, a reforma da escola e as outras coisas que eu sei que estamos fazendo, todas essas demandas da população. É o que o governo tem de fazer”, completou o governador.

Fernando Pimentel ressaltou o valor de estar perto das pessoas. “Minas Gerais tem 853 municípios, é o estado com mais municípios no país, e todos eles são importantes para nós. Sou governador de todos os municípios. Não vou ao município por causa da obra, vou por causa das pessoas. É importante a gente ter esse contato, senão você não vai fazer governo, vai ficar afastado das pessoas”, afirmou.

A obra na MG-265 é uma antiga reivindicação da população do município e visou corrigir problemas como buracos, rachaduras, ondulações e falta de sinalização, que prejudicavam o escoamento da produção agropecuária, especialmente do café, além de aumentar a segurança daqueles que precisam utilizar a rodovia para seus deslocamentos.

O vice-líder do governo na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, Durval Ângelo, ressaltou o simbolismo da visita do governador a Divino. “Estamos, hoje, entregando uma obra histórica e o governador também vive um momento histórico. Decorridos 50 anos, nenhum governador esteve aqui e nenhuma obra estrutural havia sido entregue na cidade. Hoje, são mais de R$ 2,7 milhões só de pavimentação asfáltica. Houve estruturação na fundação de saúde, foram dados oito veículos novos. Teve também investimento em educação e em agricultura familiar. Isso mostra a cara desse governo”, destacou o deputado.

O vice-prefeito de Divino, José Melquíades, acredita que a obra permitirá que a cidade se desenvolva. “Está sendo de grande valia esse recapeamento. É um momento histórico”.

Também participaram do evento os secretários de Estado Odair Cunha (Governo) e Murilo Valadares (Transporte e Obras Públicas), além do diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER-MG), Célio Dantas, o chefe da Polícia Civil do Estado de Minas Gerais, delegado-geral João Octacílio Silva Neto, e Marcelo Marques, representante dos trabalhadores da obra, entre outros.

Vida pública

Fernando Pimentel também destacou os sacrifícios da vida pública no atual momento político do país. “Fui eleito e, desde o primeiro dia, sofri e tenho sofrido ataques constantes, quase que diários, calúnias, mentiras, injustiças, agressões através da mídia e da imprensa lançadas contra mim, contra nós, até contra a minha família, mas estamos resistindo”, disse.

De acordo com o governador, o Brasil passa por uma crise em sua democracia, mas que é possível superá-la com trabalho. “Infelizmente, temos esses percalços, mas nós não desanimaremos. Vamos levantar todos os dias e trabalhar”, garantiu. 

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.