segunda-feira, 2 de Julho de 2012 11:15h Gazeta do Oeste

Governador inaugura escola em São João del Rei

Só no ano passado, o Governo de Minas investiu R$ 245 milhões em obras de infraestrutura nas escolas da rede estadual, sendo R$ 46 milhões para a construção de 28 novos prédios escolares.

O governador Antonio Anastasia inaugurou oficialmente nesse sábado (30/06) em São João Del Rei, na região Central do Estado, as novas instalações da Escola Municipal Doutor Kléber Vasques Filgueiras. Foram investidos R$ 3,7 milhões, sendo R$ 1,7 milhão garantidos por meio de convênio com a Secretaria de Estado de Educação, para obra e compra de mobiliário e equipamentos escolares.

 

“A inauguração vale muito mais pelo que se ensina do que pela obra em si. A educação é, claro, uma prioridade. Inauguramos aqui esse prédio com muita alegria porque percebemos a qualidade do ensino que existe e sabemos que está sendo aprimorado com mais conforto e ainda mais qualidade para os alunos”, afirmou o governador.

 

O novo prédio conta com 15 salas de aula, uma sala para atendimento a estudantes que precisam de atenção especial, brinquedoteca, sala de informática com 16 computadores, biblioteca, refeitório e auditório, além de salas para secretaria, diretoria, supervisão, orientação e professores.

 

“É uma parceria que tem funcionado muito bem em Minas Gerais entre o Governo do Estado e os municípios. São 853 municípios, todos eles beneficiados pelo Governo de Minas. Em São João del Rei essa também é a regra. Ficamos muito felizes com esse trabalho”, disse Anastasia.

 

A escola atende crianças do ensino infantil (quatro e cinco anos) e do ensino fundamental (1º ao 5º ano), além de estudantes do Ensino de Jovens e Adultos (EJA), da 1ª à 8ª séries. Ao todo são 550 alunos assistidos e 88 profissionais que trabalham na escola.

 

O estudante Juvenal de Castro Teixeira, de 64 anos, aluno do Ensino de Jovens e Adultos na escola, leu uma poesia de sua autoria e agradeceu ao governador pelos investimentos em educação na cidade. “Nós, trabalhadores, poderemos agora, por meio do EJA, trabalhar de dia e estudar a noite. Eu não pretendo perder essa oportunidade. E digo a todos que têm a chance de estudar: aproveitem, porque vale a pena”, disse.

 

A Educação em Minas

 

Só no ano passado, o Governo de Minas investiu R$ 245 milhões em obras de infraestrutura nas escolas da rede estadual, sendo R$ 46 milhões para a construção de 28 novos prédios escolares. Já no Programa Escola em Rede foram investidos mais de R$ 51 milhões. A maior parte desse investimento foi para compra de equipamentos de informática para o setor administrativo das 3.777 escolas da rede estadual.

 

Para este ano a previsão é de investimentos de R$ 45 milhões, dos quais R$ 15 milhões serão investidos em tecnologia, sendo R$ 10 milhões em equipamentos para os laboratórios de 1.085 escolas. Em 2011, os investimentos em transporte escolar para os alunos que moram na Zona Rural de 828 municípios ultrapassaram os R$ 132 milhões.

 

Programas importantes desenvolvidos pela Secretaria de Educação têm garantido a melhoria contínua da educação pública no Estado. Lançado em março deste ano, o programa Minas presente na Escola tem o objetivo de ampliar o leque de atividades para os estudantes da rede pública estadual matriculados no ensino médio. O programa aumenta o tempo de permanência dos alunos na escola por meio da oferta de atividades culturais e esportivas no contraturno das aulas.

 

Com a 6ª edição - cuja seleção de 30 mil estudantes foi realizada em 2011 - o Programa de Ensino Profissional (PEP) ultrapassou a marca de 200 mil estudantes atendidos com investimentos de R$ 500 milhões. O Programa oferece 83 diferentes cursos em 11 áreas do conhecimento, ministrados em 165 instituições credenciadas prestadoras de serviços educacionais.

 

Em fevereiro deste ano, foi lançada a segunda fase do Programa de Intervenção Pedagógica (PIP), cujo objetivo é levar para os anos finais do ensino fundamental (6º ao 9º ano) a experiência bem sucedida nos anos iniciais (1º ao 5º ano). Esse Programa elevou de 48,6% para 88,9% o percentual de alunos que sabem ler e escrever até os oito anos, tornando o Estado referência de ensino no País nesse nível de escolaridade.

 

Com o PIP II, mais 880 mil estudantes passam a contar com essa ferramenta para o desenvolvimento. O Programa conta com uma equipe de cerca de 500 especialistas nas disciplinas ensinadas nos anos finais do ensino fundamental que já está percorrendo as 2.821 escolas estaduais que oferecem esse nível de ensino. Eles acompanham as escolas, identificam as dificuldades e auxiliam os professores a elaborar projetos que visam melhorar a eficiência do ensino fundamental.

 

 

 

AGÊNCIA MINAS

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.