sexta-feira, 31 de Julho de 2015 13:37h

Governador recebe apoio de grupo de mulheres da agricultura familiar

Encontro aconteceu durante instalação de Fórum Regional do Governo em São João del-Rei, onde o desenvolvimento agrário foi destaque

O governador Fernando Pimentel, acompanhado do secretário de Estado de Desenvolvimento Agrário, Glenio Martins, recebeu nesta sexta-feira (31/7), em São João del-Rei, um grupo de mulheres empreendedoras rurais representantes da agricultura familiar da região. O encontro aconteceu após a instalação do Fórum Regional de Governo – Território Vertentes, projeto que permite a participação popular na elaboração, execução e avaliação de políticas públicas regionalizadas.

Maria de Alacoque e Conceição Maria (Tutuca) fizeram a entrega de um cesto com produtos da agricultura familiar da região. “Estamos aqui para agradecer o apoio do Governo de Minas Gerais às trabalhadoras rurais que, com a Secretaria de Desenvolvimento Agrário, ganharam vez e voz”, disse Tutuca. “É muita alegria poder pela primeira vez ser recebida por um governador de Estado”, completou Alacoque.

O secretário Glenio Martins também recebeu um cesto de hortaliças e uma imagem de Nhá Chica. Na cerimônia, a líder do movimento negro, Vicentina Neves Teixeira, saldou os secretários de Estado presentes, na figura de Glenio Martins. “O secretário representa a agricultura familiar, a segurança alimentar, que tem muita força aqui na região”, explicou Vicentina.

Espaço nos Fóruns

Desde a primeira reunião de fórum, em Montes Claros, a agricultura familiar vem ganhado espaço nas reuniões. Em São João del-Rei, uma feira livre foi montada para oferecer produtos saudáveis e de qualidade aos participantes do evento. As barracas foram doadas pelo Governo de Minas Gerais para que a prefeitura municipal amplie a oferta de alimentos para a população.

“Vamos promover quinzenalmente uma feira de agroecologia itinerante, que irá percorrer bairros e distritos. Temos projetos de hortas comunitárias e hortas orgânicas. Temos de abrir esse mercado”, explicou o secretário municipal de Agricultura, Rogério Bosco.

Eliana Maria Trindade, da Associação das Mulheres Trabalhadoras do Tijuco (Amut), trouxe folhas produzidas na horta comunitária. “Estamos confiantes com o novo Governo e esperamos apoio para garantir alimento saudável para a população”, disse.

O agricultor familiar Talles Teixeira também expôs alimentos produzidos na zona rural. O destaque é o frango caipira, único certificado pelo poder municipal com selo de qualidade. “O estilo de criação é diferente do frango de granja, que recebe hormônio. Antes do abate, o animal é criado solto, a base de milho, hortaliças e bastante pastagem”, disse.

Outro destaque na feira é a barraca da Associação das Mulheres Empreendedoras Rurais de Felizardo (Amerf). Geleias, doces, cachaças, macarrão caseiro, biscoitos são produzidos por grupos de famílias da colônia rural criada por italianos no século 19.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.