quinta-feira, 21 de Junho de 2012 10:04h Atualizado em 21 de Junho de 2012 às 10:23h. Gazeta do Oeste

Governo de Minas anuncia aumento de salários dos servidores da saúde

Durante entrevista coletiva na tarde dessa quarta-feira, o secretário de Saúde, Antônio Jorge Marques, reiterou as propostas feitas em reuniões com dirigentes da Asthemg e do Sind-Saúde

Durante entrevista coletiva à imprensa na tarde dessa quarta-feira (20), o secretário de Estado de Saúde, Antônio Jorge Souza Marques, reiterou as propostas feitas ontem em reuniões com dirigentes da Asthemg e do Sind-Saúde, que concedem reajustes salariais e atendem a diversas outras reivindicações dos servidores da Saúde. De acordo com o secretário, a implementação dos benefícios propostos pelo Governo de Minas implicarão em um impacto anual de R$ 100 milhões no orçamento da Pasta.

 

Antônio Jorge conclamou os grevistas a retornarem ao trabalho. Ele afirmou que os pontos dos grevistas estão sendo cortados e admitiu que, caso a greve não seja encerrada, o governo fará contratações para substituir os trabalhadores que aderiram à paralisação. O objetivo, segundo ele, é garantir a prestação de serviços públicos de saúde aos cidadãos, sobretudo nos serviços de urgência e emergência.

 

“É importante deixar claro que essas medidas não visam confrontar o movimento sindical, mas, sim, assegurar a prestação de serviços de saúde para os cidadãos, que é nossa responsabilidade primeira”, afirmou Antônio Jorge.

 

Pela proposta apresentada pelo Governo de Minas, a gratificação complementar (GC) concedida a auxiliares de apoio, técnico operacional, enfermeiros e analistas de gestão e assistência à saúde da Fhemig aumentará de 20,7% para 30% a partir de agosto deste ano. A gratificação complementar aumenta para 40% em agosto de 2013 e para 50% em agosto de 2014.

 

 

 

 

AGÊNCIA MINAS

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.