sexta-feira, 12 de Fevereiro de 2016 10:05h Agência Minas

Governo de Minas Gerais e Portugal assinam convênios de cooperação para desenvolvimento socioeconômico sustentável

Protocolo de cooperação e acordo de cooperação têm ênfase em redes de energia e mobilidade urbana de baixa emissão de carbono e transferência de conhecimento e realização de programas de cooperação acadêmica, técnica e científica

Em visita a Portugal nesta quinta-feira (11/2), o governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, assinou três documentos no âmbito da cooperação científica e tecnológica entre o governo do Estado e o governo português, envolvendo a Universidade do Minho de Portugal (UMinho), o Centro de Excelência e Inovação na Indústria e Automóvel (CEEIIA), de Portugal, e a Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig). Os documentos estabelecem cooperação nas áreas mobilidade sustentável, com ênfase em redes de energia de baixo carbono, e a transferência de conhecimento e intercâmbio e cooperação acadêmica para inovação na indústria automobilística.

O protocolo de cooperação científica, o acordo de cooperação e a carta de compromisso englobam o lançamento de um programa conjunto de pesquisa e desenvolvimento e de formação avançado, com ênfase em redes de energia e mobilidade urbana de baixa emissão de carbono.

 



O alinhamento da ação de governo com as diretrizes internacionais tem como objetivo o alcance de metas comuns, rumo à viabilização de uma cadeia produtiva de veículos inteligentes em escala de mercado e inovação na indústria automotiva em Minas Gerais.

“Demos aqui hoje um passo importante naquilo que o mundo espera de nós, que avancemos em questões importantes, como energias alternativas. Estamos aqui, juntando os esforços de Brasil e Portugal nesta área. Portugal é nossa casa na Europa”, enfatizou o governador.

 



Segundo o ministro de Ciência e Tecnologia de Portugal, Manuel Heitor, a cooperação lança um desafio para o futuro, com base na ciência e tecnologia e nas próprias questões ambientais, de introduzir no mercado mineiro a tecnologia europeia mais avançada em termos de mobilidade inteligente. “A marca que deixamos aqui é a preocupação com o desenvolvimento sustentável. Os desafios estão lançados”, destacou o ministro.

A cooperação entre os dois países intensifica as oportunidades para o desenvolvimento de sistemas sustentáveis de energia, incluindo a integração de fontes renováveis de energia, redes inteligentes de energia, e formas inovadores de mobilidade urbana de baixa emissão de carbono.

 



Entre as ações estão a realização de projetos de pesquisa, desenvolvimento, demonstração e testes que permitam a industrialização do veículo elétrico inteligente de nova geração; realização de programas de formação avançada, a serem desenvolvidos no âmbito das ações realizadas em Portugal, na União Europeia e através do diálogo União Europeia e Mercosul, unindo as competências das instituições de ensino superior e de investigação científica de Portugal e do Brasil para desenvolver sistemas e fontes renováveis de energia e formas inovadores de mobilidade urbana de baixa emissão de carbono.

Participaram da comitiva mineira, além do governador, o secretário de Planejamento e Gestão, Helvécio Magalhães, o presidente da Codemig, Marco Antônio Castello Branco, o chefe da Assessoria de Relações Internacionais do governo, Rodrigo Perpétuo.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.