sábado, 30 de Abril de 2011 12:26h

Governo de Minas lança calendário cultural para servidores da Cidade Administrativa

O governador Antonio Anastasia lança, nesta segunda-feira (2), o Calendário Sociocultural da Cidade Administrativa, com o objetivo de levar entretenimento, cultura e atividades esportivas para os servidores e prestadores de serviço.

 

O governador Antonio Anastasia lança, nesta segunda-feira (2), no Auditório JK, o Calendário Sociocultural da Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves, com o objetivo de levar entretenimento, cultura e atividades esportivas para os servidores e prestadores de serviço. O Governo de Minas tem a parceria da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Minas Gerais (Fecomércio Minas) na montagem do Calendário, realizando oficinas, palestras e cursos de interesse dos servidores nas áreas de arte e lazer.

 

Na solenidade, será anunciada a criação de um comitê, integrado por representantes das diversas secretarias, responsável pela elaboração do Calendário. Será criado também o Fórum de Ideias da Cidade Administrativa, um espaço aberto a novas propostas culturais e, ao mesmo tempo, à discussão de propostas para melhorar a rotina administrativa dos servidores. O Fórum será formado por membros do comitê e das secretarias.

 

 

Atrações

 

O Calendário Sociocultural estimulará o talento dos servidores que trabalham na Cidade Administrativa e a utilização de espaços como os térreos dos prédios Minas e Gerais, Praça Cívica, Vão Livre do Palácio Tiradentes e entrada do Centro de Convivência e o Auditório JK. Pouco mais de um ano após a inauguração da Cidade Administrativa, e com mais de 80% dos órgãos e entidades já instalados, a apropriação desses espaços ocorre de forma espontânea, com apresentações artísticas de servidores e ações de comunicação de alguns programas de governo.

 

 

Durante a semana de lançamento do Calendário Sociocultural, as atrações vão ocupar todos esses espaços. A programação inclui apresentação do Grupo Corpo Cidadão, espetáculo de música e dança com 19 bailarinos, com coreografia de Rodrigo Pederneiras; oficinas de circo do Programa Fica Vivo!; espetáculo multidisciplinar com 30 jovens do Programa Valores de Minas; ensaio aberto do Grupo de Choro do Palácio das Artes; aula de dança circular e apresentação de Rodolfo Mendes e Bárbara Barcelos. O dançarino Lucas Veríssimo, usando diversas linguagens de dança, pretende estimular no público a vontade de dançar. Tudo isto só no primeiro dia, 2 de maio.

 

Para conduzir o público, de uma atração a outra, a dupla Mandioca e Macaxeira, ex-alunos do Centro de Formação Artística do Palácio das Artes (Cefar), farão intervenções e brincadeiras com os presentes.

 

 

Ao longo da semana, as 14.500 pessoas que trabalham na Cidade Administrativa terão a oportunidade de conferir o talento dos integrantes do Coral Cidade Em Canto, formado por servidores e empregados públicos estaduais; do artista mineiro Lúcio Monteiro; do Coral Lírico de Minas Gerais e ainda do Coral Vozes da Cela, formado por pessoas privadas de liberdade do presídio de São Lourenço, no Sul de Minas. Além disso, poderão apreciar um espetáculo produzido pela Cia de Dança do Palácio das Artes, exclusivamente para se apresentar no térreo do prédio Gerais.

 

O Corpo de Bombeiros fará uma demonstração em altura, com rapel na fachada lateral do prédio Minas e tirolesa do Minas para o prédio Gerais. Na sexta-feira (6), as ações culturais vão homenagear as mães, com a ação Cozinhando com Saúde, uma aula experimental de duas receitas com direito a degustação e brindes, e a apresentação de mais de 70 crianças, entre 7 e 12 anos, alunos da Escola Estadual Silviano Brandão, que vão cantar, dançar e encenar uma peça de teatro.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.