terça-feira, 20 de Maio de 2014 06:49h

Governo de Minas participa de capacitação de voluntários para a Copa do Mundo

Cerca de 400 pessoas receberam instruções sobre cultura e comportamento dos turistas estrangeiros que virão a Minas Gerais

Aconteceu no último final de semana mais um módulo da capacitação presencial do programa Brasil Voluntário para a Copa do Mundo da FIFA 2014 em Belo Horizonte. Desde abril, os voluntários vêm recebendo instruções sobre diversos temas, como segurança e primeiros socorros. Desta vez, o tema foi “Turismo”, e coube ao Governo de Minas, por meio da Assessoria de Relações Internacionais da Governadoria, apresentar aos voluntários informações sobre a cultura e o comportamento dos turistas estrangeiros que estarão em Minas Gerais para os jogos. Cerca de 400 voluntários divididos em três turmas foram capacitados, sendo duas no sábado e uma no domingo pela manhã. O evento ocorreu no auditório da Faculdade de Direito da UFMG.

Luciana Las Casas, da Assessoria de Relações Internacionais do Governo de Minas, foi a responsável por conduzir a palestra “Cultura e receptivo internacional na Copa do Mundo em Minas Gerais”, cujo objetivo era orientar os voluntários sobre como lidar com cada cultura dos estrangeiros que virão para os jogos. Foram apresentados os aspectos culturais de cada país que terão suas seleções hospedadas ou que têm partidas confirmadas em Belo Horizonte: Argentina, Uruguai, Chile, Colômbia, Grécia, Costa Rica, Inglaterra, Irã, Bélgica e Argélia.

“A ideia é passar para os voluntários um pouco da experiência que temos em como receber bem um estrangeiro”, explicou Luciana Las Casas.

Acostumado a trabalhar como voluntário, Sidney Zabeu, de 56 anos, foi um dos capacitados. Ex-preparador físico de jogadores de futebol, Sidney já trabalhou em diversos países e, por isso, é fluente em inglês, espanhol e compreende um pouco de árabe. “Fui voluntário na Copa de 1994 e nas Olímpiadas de 1996, ambos os eventos nos EUA”, contou.

No ano passado, durante a Copa das Confederações, Sidney coordenou cerca de 100 voluntários que trabalharam no Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins, com o objetivo de dar o primeiro suporte ao turista estrangeiro. “Sempre tive uma grande receptividade nos países que visitei e morei. É muito bom ser recebido com um sorriso no rosto. Quis retribuir o que vivi lá fora e por isso me voluntariei”, explicou Sidney.

Manual dos Voluntários

Durante as palestras, os voluntários receberam o livro “Manual dos Voluntários - Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014. Relações Internacionais em Minas Gerais”. O livro é uma publicação da Assessoria de Relações Internacionais do Governo de Minas e contém, além de informações históricas, sociais e econômicas sobre cada país, dicas de como interagir com cada cultura, desde as melhores formas de saudação até gestos que devem ser evitados diante do estrangeiro.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.