quarta-feira, 27 de Fevereiro de 2013 06:31h

Governo de Minas promove capacitação em coleta seletiva para gestores e técnicos municipais

Evento para cerca de 200 pessoas abordou a engenharia e os aspectos legais, sociais, econômicos, financeiros e ambientais da coleta seletiva

Cerca de 200 representantes de diversos municípios estaduais, principalmente da Região Metropolitana de Belo Horizonte e do Colar Metropolitano, participaram, nesta segunda-feira (25), do evento “Capacitação: A Coleta Seletiva no Contexto da Cadeia da Reciclagem” que o Governo de Minas promoveu no Centro Mineiro de Referência em Resíduos (CMRR). O objetivo foi capacitar autoridades municipais e responsáveis pelo saneamento ambiental, visando à engenharia e aos aspectos legais, sociais, econômicos, financeiros e ambientais da coleta seletiva.
O evento foi coordenado pela Secretaria de Estado de Gestão Metropolitana (Segem) e pela Agência de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Belo Horizonte (ARMBH), em parceria com a Embaixada Britânica no Brasil e o CMRR.
Na abertura da capacitação, o secretário Alexandre Silveira fez um breve histórico da trajetória do trabalho que vem sendo desenvolvido no Estado para a disposição adequada de 100% resíduos sólidos urbanos na RMBH e no Colar Metropolitano. Ele destacou a parceria com o Governo Britânico, por meio da Embaixada Britânica, que destinou recursos do Fundo de Prosperidade para o desenvolvimento do projeto de gestão de resíduos sólidos urbanos na RMBH.
“O convênio com o Governo Britânico estabeleceu a realização de dois eventos de capacitação para repassar os conhecimentos gerados no transcorrer do projeto em contrapartida ao recebimento dos recursos. O primeiro foi o Seminário Internacional PPPs, realizado em dezembro de 2012 e, hoje, cumprimos a última etapa do convênio, com a realização deste evento que visa capacitar os catadores de recicláveis”, disse o secretário.
O diretor-geral da Agência de Desenvolvimento da RMBH, Camillo Fraga Reis, ressaltou a importância da capacitação para disseminar conhecimentos que contribuam para melhorar a cadeia de reciclagem nos municípios da região. “É fundamental conhecer outras tecnologias e buscar formas mais adequadas de se tratar os resíduos sólidos urbanos e atingir a meta de 100% de seu tratamento nos municípios da RMBH. Isso só será possível com o comprometimento de cada prefeito com a coleta seletiva em seu município”, afirmou Camillo.
O diretor do CMRR, José Aparecido Gonçalves, destacou o compromisso crescente do Governo de Minas com a inclusão socioprodutiva dos catadores de recicláveis, citando a Bolsa Reciclagem, criada para integrá-los ao mercado de trabalho. “Para se tornar realidade no Estado, a coleta seletiva passa, principalmente, pela inclusão socioprodutiva dos catadores de recicláveis”.

 

Temas

 

A capacitação abordou temas como a Política Nacional de Resíduos Sólidos; mobilização social e comunicação em coleta seletiva; metodologia para implantação da coleta seletiva e remuneração pelos serviços ambientais prestados por meio da Bolsa-Reciclagem; arranjos para implementação da coleta seletiva: infraestrutura, logística e equipamentos; fontes de financiamento para gestão de resíduos e coleta seletiva; e a gestão integrada de resíduos sólidos e a coleta seletiva com a inclusão socioprodutiva dos catadores de materiais recicláveis.

Foto: coleta seletiva
Crédito: Fernando Lara
Legenda: Objetivo do curso foi capacitar autoridades municipais e responsáveis pelo saneamento ambiental, visando à engenharia e aos aspectos legais, sociais, econômicos, financeiros e ambientais da coleta seletiva
 

governo, minas, promove, capacitacao, coleta, seletiva, gestores, tecnicos, municipais

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.