segunda-feira, 14 de Outubro de 2013 16:37h

Governo economiza R$ 50 milhões em cargos comissionados, informa o Estado de Minas

Segundo reportagem publicada neste domingo (15), medidas fazem parte da reestruturação anunciada por Antonio Anastasia em julho

O Governo de Minas anunciou que, com o bloqueio de cargos comissionados na administração estadual, economizou R$ 50,5 milhões até este mês, segundo informação veiculada na edição deste domingo (13) do jornal Estado de Minas. Ainda segundo a reportagem, as medidas fazem parte da reestruturação anunciada pelo governador Antonio Anastasia no fim de julho. O valor corresponde a 54,3% dos R$ 93 milhões previstos até 2014. Segundo informou a Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), o bloqueio está sendo feito de forma escalonada. Uma resolução bloqueou mais 700 cargos. Conforme informa o jornal, outros cargos em comissão, funções gratificadas e gratificações temporárias já estavam bloqueados desde a publicação do Decreto 46.289, de 31 de julho.

Em entrevista ao Estado de Minas, a subsecretária de Gestão de Pessoas da Seplag, Fernanda Neves, explicou que a restrição em relação aos cargos em comissão e funções gratificadas não atinge os cargos de confiança de escolas, hospitais e unidades prisionais e socioeducativas. “A economia obtida até agora corresponde à primeira etapa do bloqueio de cargos, conforme definido pela Câmara de Coordenação Geral, Planejamento, Gestão e Finanças. Parte do bloqueio será concluído no próximo ano, a partir da reestruturação administrativa que reduzirá de 23 para 17 o número de secretarias, como foi anunciado”, afirmou a subsecretária.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.